<
>

'Um símbolo da grandeza desbotada do United': jornal inglês diz que Old Trafford está 'cansado e desgastado'

Fundado em 1910, o Old Trafford, estádio do Manchester United, é um dos mais tradicionais do futebol europeu, conhecido mundialmente como “Teatro dos Sonhos” e palco de vários títulos dos Diabos Vermelhos.

Nesta quarta-feira, no entanto, o jornalista inglês Jamie Jackson, do jornal The Guardian, publicou um artigo no qual diz que o estádio está “cansado e desgastado”.

Jackson inicia o texto destacando grandes jogadores do futebol mundial que já atuaram no estádio, como Zinédine Zidane, George Best, Diego Maradona e Cristiano Ronaldo. Depois, critica a casa do United.

“Os assentos são amontoados e o WiFi é cheio de remendos. A tribuna dos diretores tem um sentimento antiquado e os bares e camarotes tem um glamour desbotado. Um estádio que sediou partidas da Copa do Mundo de 1966 e da Eurocopa de 1996 e não recebe um jogo importante desde a final da Champions League de 2003”, escreveu Jackson.

O jornalista fala também da má fase do United desde a aposentadoria de Sir Alex Ferguson, em 2013. “O estado da casa do Manchester United é um emblema óbvio do time que rasteja desde que Alex Ferguson se aposentou”, destacou.

Relembrando a história do clube, que foi o primeiro da Premier League a ter tribunas executivas, uma megaloja, um hotel e um museu do clube, Jackson explica que a família Glazer, que é dona do Manchester United após a morte de Malcolm Glazer, em 2014, enxerga o Old Trafford como um estádio icônico, no qual não querem mexer muito.