<
>

Athletico-PR bate Santos aos gritos de 'olé' e chega ao G-4 em noite de despedidas emocionantes

Jogando pela última vez no ano em casa, o Athletico-PR bateu o Santos por 1 a 0, com gol de Marco Rúben. O argentino fez sua despedida do clube nesta penúltima rodada do Brasileirão.

No primeiro tempo, as melhores chances foram criadas pelos visitantes, mas não conseguiram convertê-las em gol. A punição veio no início da segunda etapa: Rony cruzou, Marco Rúben cabeceou com perfeição e a torcida foi ao delírio.

O Santos buscava a resposta, e Marinho quase balançou as redes. Entretanto, com 22 minutos, Luan Peres foi expulso e o time paulista sentiu o baque. Ficou mais nervoso e entrou a pilha do Furacão, que jogava com a torcida gritando 'Olé' e 'Timinho'.

Com o clima quente, quem veio do banco para dar adeus aos torcedores foi Bruno Guimarães. O meia, decisivo na campanha do título da Copa do Brasil, está a caminho do Atlético de Madrid - quando entrou, aos 46 do segundo tempo, recebeu a faixa de capitão. Após o apito final, foi às lágrimas. Em seguida, começou uma grande celebração à temporada, com camisetas especiais e os troféus do Paranaense, Copa Levain e Copa do Brasil no gramado.

Com a vitória, o Athletico aumenta sua boa fase. Já são 12 jogos sem perder e apenas duas derrotas nas últimas 24 partidas.

Ficha técnica

Athletico-PR 1 x 0 Santos

GOLS: Marco Rúben

ATHLETICO-PR: Santos; Jonathan (Madson), Thiago Heleno, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Wellington, Lucho González (Adriano), Camacho; Rony, Marcelo Cirino (Bruno Guimarães), Marco Rúben; Técnico: Eduardo Barros

SANTOS: Éverson; Pará, Felipe Aguilar, Gustavo Henrique e Luan Peres; Alison (Felipe Jonatan), Evandro (Eduardo Sasha) e Diego Pituca; Soteldo, Marinho e Jean Mota (Carlos Sánchez); Técnico: Jorge Sampaoli


Estatísticas

O argentino Marco Rubén encerra sua passagem pelo Athletico-PR com 13 gols em 42 jogos

Diego Pituca fez sua partida de número 100 pelo Santos

Equilíbrio: cada time deu 9 chutes na partida. O Athletico teve 51% de posse de bola e trocou 366 passes; já o santos, 49% e 364.


Última vez

Bruno Guimarães. Marco Rúben. Marcelo Cirino. Camacho. Os quatro deram adeus ao Athletico.

De acordo com dirigente do Rosario Central, o Furacão optou por não exercer a possibilidade de compra do artilheiro argentino.

Já Bruno está acertando sua ida ao Atlético de Madrid, da Espanha. Cirino, que chegou no clube há 11 anos, não terá seu contrato renovado. Camacho, emprestado pelo Corinthians, volta ao clube paulista para a próxima temporada.


Cada po$ição vale!

Engana-se quem acha que as últimas rodadas não valem nada, mesmo após os times, neste caso, já terem garantido vaga na Libertadores.

  • 1º lugar – R$ 33 milhões

  • 2º lugar – R$ 31,35 milhões

  • 3º lugar – R$ 29,7 milhões

  • 4º lugar – R$ 28 milhões

  • 5º lugar – R$ 26,4 milhões


Tentando fazer história

A equipe paulista já se classificou para a fase de grupos da Libertadores, mas ainda tem pretensões no Brasileirão - além do dinheiro.

Caso o Peixe pontuasse, alcançaria sua melhor marca na era dos pontos corridos com 20 times (desde 2006). Em 2016, o time fez 71 pontos, número já igualado em 2019.


Na tabela

  • Santos - 2º colocado, com 71 pontos

  • Athletico-PR - 4º colocado, com 63 pontos


Próximos jogos

As duas encerram a temporada no próximo domingo:

  • Domingo, 08/12, 16h, Santos x Flamengo

  • Domingo, 08/12, 16h, Avaí x Athletico-PR