<
>

Perrella detona Thiago Neves: 'Comprometimento zero' e 'brincando com o Cruzeiro'

play
Zezé Perrella sobre salários atrasados: 'Jogador ganha tanto que não é possível que vá fazer falta' (0:37)

Dirigente do Cruzeiro concedeu coletiva no Rio de Janeiro (0:37)

Após comunicar o afastamento de Thiago Neves do Cruzeiro, o gestor de futebol do clube, Zezé Perrella, falou pela primeira vez sobre a situação do meia antes do confronto decisivo contra o Vasco, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

"Foi uma decisão difícil de tomar, no momento em que estamos vivendo, pedi aos jogadores não irem pra noite... Jogador está machucado, deveria estar se tratando. É um desrespeito ao Cruzeiro. Não foi a primeira vez. Ele vai treinar à parte, vai receber atendimento. Esse pessoal está brincando com o Cruzeiro. Léo está viajando e o outro não, está comemorando o quê?", comentou.

O jogador desperdiçou um pênalti na derrota contra o CSA na última rodada, que culminou com a queda do técnico Abel Braga. Além disso, cobrou a direção do Cruzeiro por conta dos salários atrasados.

"Thiago quis me testar, mexeu com a pessoa errada, já afastei jogador mais importante do que ele. Imagem é imagem, recebe direito de imagem. Mostra a preocupação e o grau de comprometimento dele, que é zero", adicionou Perrella.

"Eu nem falei com ele. Da mesma maneira que ele não me pediu autorização para ir na festa, eu também não conversei com ele, não. Gravei aquele vídeo, ele já deve ter visto".

"O cara foi para a madrugada, uma festa com 10 mil pessoas, pedi para não fazer esse tipo de festa. O torcedor está desesperado. Eu conversei particularmente com ele várias vezes, parece que estava querendo me afrontar. Sobrou para ele".

O gestor ainda revelou o sentimento do elenco cruzeirense após o ato do meia e o afastamento.

"Todos os jogadores estavam meio invocados com ele. A maioria não apoiou o comportamento do Thiago", finalizou.