<
>

Benzema responde após presidente da Federação Francesa decretar que atleta nunca mais jogará pela França

Karim Benzema nunca mais jogará pela seleção francesa. Ao menos é o que garante o presidente da FFF (Federação Francesa de Futebol), Noël Le Graët.

Em entrevista à RMC neste sábado, o cartola assegurou que o astro do Real Madrid seguirá afastado da equipe nacional, o que vem ocorrendo desde outubro de 2015.

"Karim Benzema é um ótimo jogador. Eu jamais duvidei de suas qualidades. Ao contrário: ele mostra no Real Madrid que é um dos melhores do mundo em sua posição. Mas sua aventura com a seleção da França acabou", decretou.

Por meio de seu Twitter, o matador respondeu Le Gräet e propôs um desafio ao dirigente.

"Noel, eu pensei que você não fosse interferir nas decisões do treinador! Saiba que sou eu, e apenas eu, que posso encerrar minha carreira internacional. Se você acha que eu estou acabado, me deixe jogar por um dos países pelo qual posso ser selecionado e nós vamos ver", escreveu Benzema, lembrando que, no passado, ele também era apto a representar a Argélia.

O centroavante está afastado da seleção desde a explosão do "caso Valbuena", em 2015, quando Benzema foi acusado de chantagear o Mathieu Valbuena para não divulgar imagens do colega de seleção em atividade sexual.

A situação entre o jogador de origem argelina e Didier Deschamps só piorou em novembro de 2017, quando Karim deu longa entrevista ao Canal+ e afirmou que o treinador "sucumbiu às pressões da parte racista" da França ao não convocá-lo para a Euro 2016, apesar dele ter marcado 31 gols em 42 jogos na temporada 2015/16.

Além disso, Benzema disse que, enquanto Deschamps fosse comandante dos Bleus, sua carreira internacional estaria terminada.

"Enquanto Deschamps for treinador da seleção, eu não tenho chance de voltar. É o que eu penso. E não é uma questão de eu ligar para ele e conversar. Conversamos por telefone antes da Eurocopa. Eu o respeito muito, sempre respeitei. No início, ele também me mostrou respeito, mas depois virou as coisas para mim. Isso me machucou", disse o atleta merengue, à época.

Em enquetes recentes, porém, a população francesa mostrou-se favorável ao retorno de Benzema à seleção.

Uma votação promovida pelo jornal L'Équipe mostrou que 73% dos internautas aprovariam a reintegração do atleta merengue. Já na France Football, que fez enquete semelhante, o "sim" ganhou com 68%.