<
>

Flamengo: Bruno Henrique fez 18 gols no Brasileiro, e só um foi 'inútil'

O gol nos acréscimos do Vasco impediu que o Flamengo somasse mais uma vitória no Campeonato Brasileiro. Se saísse com os três pontos, muito teria a agradecer a Bruno Henrique, autor dos gols que: empatou o clássico em 3 a 3 e depois colocou os rubro-negros em vantagem, em 4 a 3.

Tem sido rotina, aliás, para o atacante. De seus 18 gols na competição, só um foi “inútil”. Os demais ou empataram ou colocaram o Flamengo na liderança do placar ou, no máximo, ampliaram uma vantagem em partida que o próprio Bruno Henrique começou a construir.

A única exceção foi o gol marcado na vitória por 3 a 1 sobre o Internacional. O tento de Bruno Henrique veio com a vantagem já consolidada, em 2 a 1, encerrando a contagem.

Logo na primeira rodada do Brasileiro, por exemplo, o Cruzeiro saiu na frente no Maracanã. Bruno Henrique, porém, entrou em ação e fez o gol do 1 a 1 e depois do 2 a 1 na vitória por 3 a 1.

Foi parecido com o que aconteceria na quarta-feira não fosse o Vasco arrancar o empate no fim. No clássico do primeiro turno, aliás, Bruno Henrique também apareceu com importância na goleada por 4 a 1: apesar do placar elástico, foi ele quem marcou o gol do 1 a 0, abrindo caminho para o triunfo.

O mesmo aconteceu quando o Flamengo fez 4 a 1 no Corinthians, com Bruno Henrique abrindo o placar e ainda marcando mais duas vezes para ampliar para 3 a 0; e nos 6 a 1 sobre o Goiás, em que o atacante foi responsável pelo tento que colocou os rubro-negros em vantagem de 2 a 1.

Em placares mais apertados no Maracanã, como as vitórias sobre Athletico-PR e Botafogo, ambas por 3 a 2, Bruno Henrique também foi decisivo: diante dos paranaenses, empatou a partida em 2 a 2; e no clássico estadual acabou garantindo os três pontos, com o tento justamente do 3 a 2.

Outro rival carioca que sofreu com o lado decisivo de Bruno Henrique foi o Fluminense, derrotado por 2 a 0 no segundo turno com um gol do atacante – o primeiro, que construiu a vantagem.

Longe do Maracanã, os gols importantes de Bruno Henrique apareceram em partidas como as contra o Athletico, com os dois tentos dos 2 a 0; e diante da Chapecoense, o único do 1 a 0.

Já contra o Atlético-MG, mais um tento decisivo do atacante, mas que não conseguiu fazer com que o Flamengo pontuasse: ele empatou a partida em 1 a 1, mas depois os mineiros venceram, 2 a 1.