<
>

Presidente do Flamengo explica final da Copa Libertadores em Lima: 'Solução possível que surgiu'

play
Gian faz apelo a torcedores que vão à final da Libertadores: 'Quem já comprou passagem para Santiago: processe a Conmebol' (2:11)

Decisão da competição agora será em Lima, no Peru (2:11)

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, explicou a decisão conjunta do clube e da Conmebol de mudar a final da Copa Libertadores de Santiago, no Chile, para Lima, no Peru.

"O mais importante e a maior preocupação que tivemos ao longo desse processo foi a questão das pessoas, uma questão humanitária. De que forma as pessoas iam poder trafegar em segurança porque, na verdade, é uma responsabilidade muito grande levar tantas pessoas para uma cidade", disse em entrevista ao canal Fox Sports.

"A solução possível que surgiu para manter a data da final, que é outra preocupação que tínhamos, foi a cidade de Lima, na qual a gente tem todas as garantias, inclusive do próprio governo de que o jogo e a festa toda vai transcorrer normalmente. Quando se faz final em jogo único o que se busca não é só o jogo, mas uma grande festa. É que se está buscando para a final da Conmebol e o local possível foi Lima".

O presidente Landim também falou sobre a programação rubro-negra com a mudança de cidade: "Vamos trabalhar todos os detalhes, o fato da data ter sido mantida também é algo importante por causa das mudanças de tabela que tivemos que fazer para se adaptar a essa situação".

O mandatário rubro-negro encerrou mandando um recado para a torcida, principalmente àqueles que já haviam comprado ingresso e passagem para Santiago.

"O recado é o seguinte: claro que a gente sabe dos problemas que isso eventualmente vai trazer para uma série de pessoas que tiveram acesso aos ingressos e tinham feito seus planos de viagem, reserva de hotéis e tudo isso, mas era algo necessário. Concluímos que era algo necessário fruto de todas as informações que foram passada. A solução recaiu sobre outra cidade, a gente sabe dos impactos e o que espera é que a torcida consiga estar lá presente na final do dia 23", encerrou.