<
>

Real Madrid se adianta a City e Barcelona inicia conversas pelo meia Fabián Ruiz, do Napoli

O Real Madrid iniciou conversas para contratar o meia Fabián Ruiz, do Napoli e da seleção espanhola, na próxima temporada, informaram fontes à ESPN.

Ainda que a operação esteja em estágio inicial, as partes se reuniram na semana 13 de outubro para acertar as bases da negociação.

O jogador, que é avaliado em 60 milhões de euros (R$ 266,22 milhões) pelo site especializado Transfermarkt, vê com bons olhos a ida para o Santiago Bernabéu, apesar de também interessar ao Manchester City e ao Barcelona.

O principal problema que o Real Madrid enfrenta no momento é a ausência de uma cláusula de rescisão no contrato do meio-campista.

Isso forçaria os merengues a negociaram um preço com o Napoli, que, segundo fontes ouvidas pela reportagem, pedirá algo em torno de 80 a 100 milhões de euros (R$ 354,96 a R$ 443,70 milhões, dependendo da evolução da temporada.

O clube italiano é conhecido por ser duro nas negociações, dependendo muito do humor de seu presidente, Aurelio De Laurentiis, e não deve facilitar para os blancos.

O interesse dos madrilenhos por Fabián não é novo. Ele é observado pelo clube desde que estava nas categorias de base, e só reforçou o interesse em 2017, quando fez ótimo Campeonato Espanhol com o Betis.

Na época, porém, os merengues preferiram contratar o outro meia da equipe alviverde, Dani Ceballos (atualmente no Arsenal), deixando o caminho livre para Ruíz ser comprado pelo Napoli na sequência, por 30 milhões de euros.

No Bernabéu, porém, o desempenho de Fabián seguiu sendo acompanhado de perto, e o atleta encanta a comissão técnica por sua liderança, polivalência e qualidade técnica.

Nos bastidores, sabe-se também que é forte o interesse do técnico Josep Guardiola em levá-lo ao Manchester City, já que o treinador vê no atleta uma reposição ideal para David Silva, que deixará o clube inglês ao final da temporada.

Todavia, Ruíz prefere um retorno à Espanha do que uma aventura na Inglaterra, de acordo com as fontes ouvidas pela ESPN.