<
>

São Paulo: Por escolha de Diniz, clube terá 'poucos, mas bons reforços' em 2020

O São Paulo já pensa na preparação para a temporada de 2020, mas o torcedor não deve criar expectativa para um pacotão de reforços. Isto acontecerá por opção do atual treinador Fernando Diniz e também por questões financeiras. Os reforçõs virão em menor escala, mas serão escolhidos com muito critério.

O pensamento é de que cheguem de três a quatro jogadores, mas que todos venham para ser titulares.

As informações são do jornalista da ESPN Brasil Jorge Nicola em seu blog no portal Yahoo!.

Para o técnico, o nível do elenco já é ótimo.

“Se for para contratar, que seja alguém melhor que aqueles que já temos aqui”, explicou um dirigente em contato com o blog.

Recentemente, o meia Danielzinho, do Fluminense, foi sugerido. O jovem de 23 anos era titular na época de Diniz no comando do clube carioca. O vínculo do meia termina em dezembro, logo, ele já pode assinar um pré-contrato com qualquer equipe.

Mas Diniz entende que Danielzinho sofreria com a concorrência do elenco tricolor e, por isso, não deve ser contratado.

Igor Gomes foi decisivo na vitória contra o Atlético-MG, assista:

Em reuniões frequentes com os dirigentes Raí e Alexandre Pássaro, o treinador mostra que gosta de nomes como o do lateral-esquerdo Caio Henrique - que pertence ao Atlético de Madrid e está no Fluminense por empréstimo - e o atacante Yony González, também do time carioca e cujo contrato acaba também no fim do ano.

Vale lembrar que o clube ainda briga por uma vaga direta na Libertadore da América e atualmente está na quarta posição do Campeonato Brasileiro, com 49 pontos.