<
>

Cristiano Ronaldo pode chegar a 700 gols na carreira nesta sexta-feira; ele irá fazer mil?

Cristiano Ronaldo pode entrar para um seleto grupo do futebol mundial nesta sexta-feira, que conta com nomes como Ferenc Puskas e Pelé. Afinal, ele está a dois gols de chegar a 700 na carreira.

A próxima chance de o jogador da Juventus alcançar o feito é nesta sexta-feira, quando a seleção portuguesa receberá Luxemburgo no estádio José Alvalade, em Lisboa, às 15h45 (de Brasília), pelas eliminatórias da Eurocopa de 2020.

O atacante de 34 anos marcou 450 vezes com o Real Madrid, 118 com o Manchester United, 93 com Portugal, 32 com a Juventus e cinco com Sporting, contando apenas jogos oficiais.

Não há dúvidas de que o craque alcançará o feito em breve. É bem possível que ele ultrapasse a barreira dos 800 gols, talvez consiga os 900... e quanto a mil?

O ESPN.com.br fez um exercício de imaginação para ver o quão viável é para Ronaldo chegar à marca milenar. Obviamente, se tratam de situações hipotéticas e imprecisas em que a única referência e a frequência de jogos e a média de gols do atleta nas temporadas mais recentes.

Desde 2016-17 – ou seja, na atual temporada e nas últimas três -, Ronaldo somou 168 jogos 150 gols, o que dá uma média de 0,893 gols por jogo. Assim, ele precisa de 1,12 de um jogo para ir à rede.

Tendo estes números como base, o português necessitaria de quase 339 jogos para chegar à marca. Como disputou 53,33 partidas por temporada em média nas três últimas temporadas, Ronaldo chegaria à marca de 312 jogos e 279 gols ao final de 2024-25, daqui seis temporadas.

Somente no decorrer de 2025-26, ele alcançaria a marca de 302 gols marcados, que, somados aos 698 já feitos o faria cruzar os 1000 gols. Para ser mais exato, ele chegaria aos 1000 gols por volta de 25º ou 26º sexto jogo em 2025-26, o que seria próximo de fevereiro de 2026, quando o astro completará 41 anos de idade.

Mas vamos a algumas ponderações. É difícil imaginar que Ronaldo mantenha a frequência de mais de 50 jogos por temporada até os 40 anos, ainda que seja um atleta com poucas lesões no currículo e que seja uma máquina no aspecto físico. Mais complicado que isso é seguir com a mesma quantidade de gols.

Será que Ronaldo chega? Cravar que ele conseguirá o feito é de uma irresponsabilidade tão grande quanto duvidar do camisa 7.