<
>

Há 19 anos no Bayern e hoje na reserva, Thomas Müller quer deixar o clube já em janeiro, diz jornal

O período de Thomas Müller no Bayern de Munique pode estar perto do fim. De acordo com o jornal alemão Bild, o atacante, que virou reserva nesta temporada deseja deixar o clube já na próxima janela do mercado, em janeiro.

Revelado pelo próprio Bayern, ao qual chegou no meio de 2000, quando ainda tinha 10 anos de idade, o atleta, hoje com 30 e que é natural da Bavária, começou no banco de reservas os últimos cinco jogos da equipe. No sábado, após a derrota em casa para o Hoffenheim, pela Bundesliga, ele falou apenas: “Nada a dizer”.

Ao ser questionado pelo jornal Abendzeitung, de Munique, a respeito do assunto, o empresário do atleta, Ludwig Kögl, não confirmou, nem negou. "Eu não vou comentar o assunto. É como é. Thomas tem um ano e meio de contrato. Não há mais o que falar no momento".

Com 495 jogos e 186 gols pelo Bayern, Müller é um dos grandes ídolos da história do clube, tendo conquistado oito títulos da Bundesliga, cinco da Copa da Alemanha, um da Champions League, entre outros.

Pela seleção alemã, o atacante soma 100 partidas e o título da Copa do Mundo. Porém, ele não é mais chamado desde que o técnico Joachim Löw anunciou em março que não contaria mais com ele, assim como com Mats Hummels e Jérôme Boateng.