<
>

A 'Lei do Ex' não perdoa: veja quais times mais sofreram com ela até agora no Campeonato Brasileiro

play
Flamengo ou Palmeiras: quem será o campeão brasileiro? Veja a projeção do SC (1:17)

Veja quantos pontos cada um dos clubes deve fazer na competição (1:17)

A "Lei do Ex" diz que um ex-jogador de um time vai fatalmente balançar as redes quando enfrentá-lo.

Embora a lei nem sempre se comprove na prática, neste Campeonato Brasileiro, ela já se fez valer em 32 oportunidades.

E quem mais sofreu com ela foi o Flamengo. Em 23 rodadas, o atual líder levou seis gols de ex-jogadores seus, de acordo com levantamento do jornalista Rodolfo Rodrigues, um dos responsáveis pelo Prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet.

Como tem a quinta melhor defesa do campeonato, com 20 tentos contra, isso significa que quase um terço dos gols sofridos pelo time (30%) foram anotados por ex-rubro-negros.

Paolo Guerrero foi o primeiro, na segunda rodada do campeonato. Em 1º de maio, o peruano fez o seu logo aos 5 do 1º tempo na vitória do Internacional por 2 a 1.

Em 26 de maio, foi a vez de Marcelo Cirino, que deixou zero saudade no Gávea, marcar logo dois contra o Fla, que venceu o Athletico-PR por 3 a 2.

Diego Souza, do Botafogo, que é ex-jogador de nada menos que oito times da Série A (Palmeiras, São Paulo, Fluminense, Vasco da Gama, Atlético-MG, Cruzeiro e Grêmio, além do Fla) deixou o seu no clássico vencido pelo líder do Brasileiro por 3 a 2, em 28 de julho.

Pelo Grêmio, em 10 de agosto, Rafael Galhardo fez o de honra dos tricolores na derrota por 3 a 1. Por fim, Thiago Neves, do Cruzeiro, deixou o seu na derrota celeste por 2 a 1.

Curiosamente, exceto pelo jogo contra o Inter, o Flamengo venceu sempre que foi vazado por seus ex-jogadores. De repente, o clube pode estar fazendo surgir uma nova tradição...

Veja abaixo as vítimas da "Lei do Ex" na atual edição do Brasileiro:

Flamengo - 6
Atlético-MG - 4
Santos - 4
Cruzeiro - 4
Vasco - 4
Athletico - 2
Grêmio - 2
Botafogo - 2
Avaí - 1
Bahia - 1
Ceará - 1
Palmeiras - 1