<
>

Willian tenta bater pênalti, Barkley chama a responsabilidade, chuta na lua, e Chelsea tem nova polêmica

O relógio marcava 43 minutos do segundo tempo. O Chelsea perdia para o Valencia por 1 a 0 na estreia da Champions League, em casa, e a arbitragem assinalou pênalti para os Blues.

O brasileiro Willian, principal jogador dos ingleses na partida, pegou a bola para bater, mas Ross Barkley chegou e, depois de três minutos de conversa e tentativa de argumentação do camisa 10, assumiu a responsabilidade.

O inglês foi para a cobrança, mandou a bola por cima do travessão e desperdiçou a chance de empatar a partida, mantendo o placar que culminou na derrota do Chelsea.

Em entrevista para João Castelo Branco, da ESPN, Willian disse que pediu para bater o pênalti, mas Barkley se sentiu confiante e que acabou errando, mas que o erro acontece.

Depois do jogo, o técnico Frank Lampard se posicionou sobre a confusão e afirmou que Barkley é o cobrador oficial da equipe - e seguirá sendo.

"Ross (Barkley) é o cobrador de pênaltis, ele tem sido quando começa jogando ou quando sai do banco. Você tem batedores designados antes das partidas e Ross é isso no nosso time", afirmou.

O zagueiro Cesar Azpilicueta também falou sobre a polêmica: "Ross é um dos melhores cobradores da nossa equipe, ele é quem bate. Obviamente ele queria bater - estava confiante".

"Ele estava com a confiança alta, então todos queríamos as melhores condições para marcar. (O erro) acontece, é do jogo", finalizou.

'Como se tornar um jogador de sucesso': Willian cria curso online e faz festa de gala em Londres