<
>

Champions League: Chelsea é derrotado pelo Valencia e Ajax vence Lille com muita tranquilidade na abertura do grupo H

play
Champions League: especialistas da ESPN opinam qual será o principal destaque brasileiro no torneio (1:08)

Confira breves análises dos comentaristas dos canais ESPN (1:08)

A primeira rodada do grupo H da Champions League reservou dois jogos. No Stamford Bridge, o Chelsea recebeu o Valencia e, para decepção da torcida londrina, foi derrotado por 1 a 0, gol do atacante espanhol Rodrigo, que teve seu nome ligado a clubes como Real Madrid e Atlético de Madrid na última janela de transferências.

O Chelsea ainda teve uma chance de empatar a partida aos 43 minutos do segundo tempo, mas o inglês Ross Barkley bateu pênalti para fora e não conseguiu alterar o resultado.

Na Holanda, o Ajax viu o lateral-esquerdo Nicolás Tagliafico, da Argentina, dar um show e marcar um gol e dar passe para outro na vitória por 3 a 0 sobre o Lille, da França.

Com os resultados, o Ajax assume a liderança provisória do grupo com três pontos e saldo de três gols. Com a mesma pontuação, mas com saldo de apenas um, o Valencia é segundo. Zerados, Chelsea e Lille dividem a lanterna.

Na próxima rodada os espanhóis recebem os holandeses e os ingleses visitam os franceses, ambos os jogos às 16h (Brasília) do dia 2 de outubro.

Discussão sobre quem cobra e erro de Barkley

Quando o relógio marcava 43 minutos da segunda etapa, o Chelsea teve um pênalti apitado a seu favor. Após cabeçada de Tomori, a bola bateu no braço do dinamarquês Wass e, depois de checar no VAR, a arbitragem marcou pênalti.

Antes da cobrança, Willian chegou a pegar a bola para bater, mas Barkley pediu para fazer a cobrança. Os dois jogadores ficaram cerca de dois minutos discutindo até decidirem que o inglês quem bateria.

Barkley se posicionou, correu para a bola e bateu muito mal, acertando o travessão antes da bola sair por cima da meta de Cillessen.

Rodrigo é o nome da salvação

O Valencia entrou em campo diante do Chelsea afundado em uma crise. Após a demissão do técnico Marcelino na última semana, os jogadores chegaram a ameaçar sequer irem para o jogo nesta terça.

Não só foram, como fizeram uma partida de muita luta, entrega e saíram de Londres com os três pontos. O gol solitário veio dos pés de Rodrigo. Após ótima cobrança de falta do espanhol Dani Parejo, o atacante apareceu livre na pequena área para bater sem chances para o goleiro Kepa e definir o marcador.

Na Holanda, Ajax vence tranquilo

No outro jogo do grupo, o Ajax recebeu o Lille e não tomou conhecimento dos franceses. Com uma excelente atuação do lateral-esquerdo Nicolás Tagliafico, os holandeses venceram por 3 a 0 com muita tranquilidade.

O primeiro gol saiu após ótimo cruzamento de Tagliafico, que achou o holandês Quincy Promes livre na área para cabecear e abrir o placar. O Ajax aumentou a vantagem após ótima jogada individual de David Neres.

O atacante brasileiro arrancou pela direita, limpou a marcação e serviu o lateral-direito Edson Álvarez. O mexicano invadiu a área e bateu cruzado, sem chance para o goleiro. Após cobrança de escanteio do marroquino Hakim Ziyech, Tagliafico subiu mais do que todo mundo e definiu o placar.