<
>

Gabigol revela decepção por não ser chamado para seleção e despista sobre permanência no Flamengo

Logo após o final da vitória do Flamengo sobre o Vasco por 4 a 1, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, o atacante Gabigol afirmou estar decepcionado por não ter sido chamado por Tite para a seleção brasileira na última sexta-feira.

"Obviamente que pelo que eu venho fazendo junto com os meus companheiros, estou, sim (decepcionado). Mas, como eu disse na coletiva, não foi dessa vez. Tenho que seguir trabalhando, seguir fazendo gols, sendo artilheiro, e a convocação vai acontecer. Mas estou muito feliz pelo Bruno. Ele sofreu muito no Santos com a lesão no olho, eu acompanhei junto com ele lá. Como ele falou no discurso dele, vários jogadores (do Flamengo) merecem (ser convocados)", disse, na saída de campo.

O atacante, que é o artilheiro do Brasileiro, despistou sobre a permanência na equipe da Gávea.

"Tento não falar disso. Tento focar no campo. Em todos os lugares que eu vou, as pessoas me abordam e pedem para eu ficar. Não houve ainda conversa do Flamengo com a Inter de Milão. Eu pertenço à Inter. Obviamente que o Flamengo vem ganhando meu coração, mas, como eu sempre digo, vamos curtir esses últimos jogos e depois a gente resolve", completou.

O duelo válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro foi realizado neste sábado.

Bruno Henrique, Gabigol e Arrascaeta marcaram para a equipe rubro-negra, enquanto Leandro Castán diminuiu para os vascaínos. O goleiro Diego Alves pegou as penalidades cobradas por Pikachu e Bruno César.