<
>

Principal jornal da Espanha diz que Neymar quer jogar pelo Barcelona, mas seu pai trabalha por Real Madrid

play
De Felipe Melo a Zé Rafael: quem é quem na fila do pão do Palmeiras? (4:32)

Veja o ranking montado por Bruno Vicari, Léo Bertozzi, Edu de Meneses, Celso Unzelte e Jorge Nicola no BB Debate. (4:32)

Segundo o El País, principal jornal da Espanha, o atacante Neymar deseja deixar o Paris Saint-Germain e retornar ao Barcelona. No entanto, seu pai, que é um de seus principais influenciadores, trabalha na direção oposta: quer ver o filho com a camisa do Real Madrid.

"Neymar filho, o futebolista, deseja voltar ao Barça para se reencontrar com seus amigos Luis Suárez e Lionel Messi; Neymar pai, seu representante, sonda o entorno do estádio Santiago Bernabéu", escreve o diário.

De acordo com o veículo, isso ocorre principalmente porque as relações entre Barcelona e PSG "são complexas", assim como a de Neymar pai com o presidente do time blaugrana, Josep Maria Bartomeu.

"O Barça e o atacante ainda possuem um caso judicial aberto - o clube quer 8,5 milhões de euros de seu ex-atleta por não-cumprimento de contrato. Por isso, quem leva à frente as negociações entre Barcelona e PSG é o intermediário André Cury. Enquanto isso, desde o entorno do brasileiro assegura-se que foi feito contato com o Real Madrid para oferecer o craque", revela.

Do lado do Barcelona, porém, há pressão para que Neymar manifeste publicamente seu desejo de voltar ao clube. O zagueiro Piqué falou abertamente sobre isso em sua última entrevista coletiva. No entanto, essa não é a estratégia de Neymar pai, afirma o El País.

"O zagueiro queria, basicamente, que seu ex-companheiro dissesse publicamente que queria regressar ao Barça. Mas isso é algo que não está nos planos do paulista, e muito menos de seu pai, que não quer fechar a porta do Real Madrid", conta.

"Não há muitas equipes na Europa que conseguem bancar seu salário, e depois de descartar o Manchester United ('Não quero viver em Manchester', disse Neymar a amigos), ele tampouco vê com bons olhos mudar-se para Turim para jogar com Cristiano Ronaldo. Então, ao brasileiro não parecem restar mais opções do que Madri e Barcelona", completa.

O jornal ainda lembra que o clima entre Neymar, PSG e torcida da equipe francesa é péssimo, como ficou evidente na estreia da Ligue 1, e que ele busca uma saída rápida para voltar a ser feliz.

"Neymar está 'preso' na França, e anseia por achar uma ponta para a Espanha", finaliza.