<
>

Palmeiras: Felipão diz que seguirá bancando Deyverson titular e minimiza queda na Copa do Brasil

play
Felipão minimiza eliminação do Palmeiras na Copa do Brasil: 'Ninguém morreu' (1:08)

Técnico falou após derrota no Beira-Rio (1:08)

Após a eliminação do Palmeiras para o Internacional, nas quartas de final da Copa do Brasil, o técnico da equipe alviverde, Luiz Felipe Scolari, minimizou a queda.

Felipão descartou ligar qualquer "sinal de alerta" depois de cair no torneio mata-mata, e afirmou que não mudará o estilo de jogo para a partida contra o Godoy Cruz, pela Libertadores.

"Não liga nada (sinal de alerta). Ninguém morreu, não tem nada. Perdemos uma competição. Uns perdem, outros ganham", afirmou.

"Alguém vai ganhar. Não tem nada que ficar criticando A ou B, imaginando que vai ser isso ou aquilo. Temos que jogar futebol com a mesma qualidade que nós temos e que estamos desenvolvendo. Agora, vamos conversar e pronto, não tem mais nada", salientou.

"Vamos continuar jogando futebol equilibrado. Vamos perder algum jogo, mas não vamos aqui ficar montando fantasma para o próximo jogo, contra o Godoy Cruz, na Libertadores. Quem tem que montar isso não somos nós, e não vamos montar isso no nosso grupo", complementou.

Questionado sobre mais uma atuação ruim de Deyverson após a parada da Copa América, Scolari foi sucinto e garantiu que seguirá bancado o camisa 16 como titular.

"Quem é que disse que ele é discutido pela torcida palmeirense? Eu não vejo isso. Se vocês, que são os influenciadores, veem isso, tudo bem, continuem. Quem tem que escalar sou eu. Enquanto (o Deyverson) for da minha confiança, vai jogar", assegurou.

Na semifinal, o Internacional enfrentará o Cruzeiro, que eliminou o Atlético-MG também nesta quarta-feira.

A outra semi será entre Athletico-PR e Grêmio.