<
>

R$ 1,2 bilhão até 2020: quanto Barcelona precisa vender para poder comprar Neymar, segundo jornal espanhol

Se quiser contratar Neymar, o Barcelona terá de totalizar R$ 1,2 bilhão em vendas de jogadores até 2020. O cálculo é do jornal Madrilenho Marca.

De acordo com a publicação, é só assim que o clube cumprirá as regras da Uefa.

Neste ano, a confederação europeia indica que a diferença entre gastos e recebidos não pode ser superior a R$ 400 milhões (100 milhões de euros). Por essa razão, o Barça tem que vender o absurdo montante até 30 de junho de 2020.

O cálculo é o seguinte:

Nesta janela, o clube já gastou R$ 900 milhões com contratações: De Jong (R$ 300 mi), Neto (R$ 104 mi), Griezmann (R$ 480 mi) e, ontem, Cucurella (R$ 16 mi).

Até este momento, entraram no clube apenas R$ 8 milhões pela saída de Palencia para o Saint-Etienne. Todas as vendas anteriores, de Cillessen, Denis Suárez, André Gomes e Cardona entraram no balanço da temporada anterior.

Assim, o clube começa a "Operação Neymar" R$ 892 milhões no negativo. Se a este montante for somado os cerca de R$ 700/800 que vale o brasileiro, chegamos ao montante de R$ 1,6 milhão.

O problema é que o Barça não tem quem vender, entre jogadores que não querem sair e que o clube não quer que saia.

A situação de Neymar vai ficando cada vez mais complicada...