<
>

Neymar: Jornais franceses veem 'provocação' ao PSG como terremoto, 'trollada' e 'ocasião para ficar calado'

play
Neymar causa alvoroço em entrada para jogo festivo de seu instituto (0:16)

Jogador participou de evento em Praia Grande (0:16)

A declaração de Neymar sobre seu melhor momento no futebol ter sido a histórica goleada por 6 a 1 do Barcelona (seu antigo clube) sobre o Paris Saint-Germain (atual) na Champions de 2017 causou um rebuliço na França.

O desejo do atacante brasileiro em retornar ao clube catalão está escancarado, e os jornais franceses não poupam críticas ao astro pela forma como está lidando com a situação.

A revista France Football, por exemplo, disse que a provocação ao PSG foi uma "resposta calculada", um verdadeiro "terremoto" e que deixa uma "situação insustentável".

"É impossível pensar de outra maneira. Uma nova declaração de guerra no conflito. Uma pequena frase que evidentemente não lhe ajudará a se aproximar dos torcedores do PSG", explicou.

O diário L'Èquipe ironizou: "Neymar, como se nada acontecesse antes de seu retorno ao PSG".

Já o Le Parisien chamou a declaração de Neymar de "trollada" pública ao clube francês, pois o 6x1 para o Barcelona foi "uma das maiores humilhações de seu próprio clube".

O jornal Le Figaro afirma: "Provocação ou simples repulsa? Em qualquer caso, Neymar deixou escapar sem dúvida uma ocasião para ficar calado. Foi o pior momento da história do PSG. Uma coisa é certa: falar nestes termos da virada prejudica a um Neymar que voltar com atraso aos treinos e que todos sabem que deseja voltar ao Barcelona, começando por Leonardo e o Estado Maior parisiense".