<
>

Sem Flamengo, clubes se reúnem para retomar a Primeira Liga

play
Kalil ironiza o Bom Senso FC, vê enfraquecimento do futebol brasileiro e acusa Bandeira de Mello de 'ciúmes' (2:22)

Ex-presidente do Galo e atual prefeito de Belo Horizonte, o convidado do Bola da Vez disse que Bandeira de Mello 'puxou o tapete' dele na época da Primeira Liga. (2:22)

Nesta terça-feira, ocorre em Belo Horizonte uma reunião para tentar retomar a Primeira Liga.

O encontro foi marcado na sede do América-MG, já que o presidente do "Coelho", Marcos Salum, é também o máximo dirigente da organização de clubes desde janeiro de 2018.

Serão feitas primeiramente prestações de contas e análise do caixa da entidade. Na sequência, haverá discussão de possíveis novos formatos para o torneio e checagem de há interesse no retorno da disputa.

Vale lembrar que a Primeira Liga só teve duas edições, em 2016 e 2017, e o contrato de direitos de TV que foi firmado prevê a realização de um 3º certame.

Até o início da reunião, os seguintes times haviam enviado representantes: Grêmio, Internacional, Brasil de Pelotas, Paraná Clube, Chapecoense, Avaí, Figueirense, Athletico-PR, Coritiba, Ceará, Londrina, Fluminense, Cruzeiro e Atlético-MG, além do anfitrião América-MG e do Vila Nova-GO, possível novo membro da entidade.

Dos convidados, só o Flamengo não tinha ninguém até que as conversas foram iniciadas, pouco depois das 10h (de Brasília), segundo a assessoria do "Coelho".

Em contato com a ESPN, a equipe da Gávea confirmou que de fato não enviou ninguém para o encontro na capital mineira.

Ao todo, três formatos serão analisados para o retorno da Primeira Liga.

O favorito de Marcos Salum, e que ganhou favoritismo neste início de terça, é a composição de uma Copa Sul-Minas, com equipes majoritariamente do Sul e de Minas Gerais, com alguns convidados fechando os grupos.

Também serão analisados o retorno do torneio no formato exatamente igual ao de 2017 ou também a formação de um campeonato sub-23

A reunião está prevista para durar até perto das 16h. Mais tarde, haverá atendimento à imprensa para revelar o que foi decidido pelas equipes.