<
>

Arthur está praticamente fora da estreia e segue com risco de ser cortado da seleção brasileira

play
Copa América: com lesão de Arthur na seleção, Marra sugere Bruno Guimarães, do Athletico, como possível substituto (1:37)

Comentarista acredita, entretanto, que Fabinho e Renato Augusto são favoritos se um corte acontecer (1:37)

O técnico Tite já pensa em alternativas a Arthur para a estreia da seleção brasileira na Copa América na próxima sexta-feira, contra a Bolívia. O meio-campista, que não treinou novamente nesta quinta, está praticamente descartado para o duelo, e Allan e Fernandinho são opções.

Arthur se lesionou no amistoso contra Honduras, no último domingo. A princípio, o problema parecia não preocupar, mas as dores no joelho direito persistiram, e o meio-campista foi submetido a exames de imagem na segunda. A CBF não divulgou os resultados do diagnóstico, e ainda há risco de corte.

Caso a comissão técnica entenda que Arthur não tem condições de disputar a Copa América, a entidade brasileira precisa comunicar a Conmebol da troca de convocados até a quinta às 21h30, 24 horas antes da estreia contra a Bolívia, que acontece no mesmo horário, na sexta.

Além de Arthur, quem também não treinou no Pacaembu nesta terça foi o zagueiro Marquinhos, mas sua situação não preocupa. Ele ficou no hotel onde a seleção está concentrada, em trabalho regenerativo.

Entre os que foram aos gramado, Philippe Coutinho e Thiago Silva também treinaram separado, sob os cuidados do preparador físico Fábio Mahseredijian. Depois, jogadores como Filipe Luís, Daniel Alves e David Neres também foram poupados da reta final do treinamento.

Inicialmente, a atividade só teria 30 minutos abertos à imprensa, mas os jornalistas puderam acompanhar todo o trabalho. Primeiro, a seleção fez trabalho de construção de jogo a partir dos meio-campistas; depois, atividade em campo reduzido, sem todo o grupo à disposição.

Em nenhum momento do treino Tite indicou o possível substituto de Arthur. Quando os meio-campistas trabalharam construções ofensivas, tanto Casemiro, Fernandinho e Allan foram utilizados. O Brasil enfrenta a Bolívia na próxima sexta, às 21h30, no Morumbi, na abertura da Copa América.