<
>

Barcelona: Alvo por três anos, Vinicius Jr. 'traiu' clube ao acertar com o Real Madrid, diz jornal espanhol

Segundo o jornal espanhol Mundo Deportivo, o Barcelona estudou e tentou a contratação por três anos seguidos do prodígio Vinicius Jr., que atuava pelo Flamengo.

Logo após a derrota da equipe para a Juventus, na Champions League de 2017, porém, o desfecho mudou e o jogador foi para o Real Madrid, o que foi visto como uma ‘traição’ por parte dos catalães.

Raul Sanllehni, diretor de futebol do Barcelona na época, havia acordado tudo com o empresário do atacante, André Cury, e a negociação estava praticamente selada.

Entretanto, uma ligação inesperada da cúpula do Real Madrid afirmando que o clube também estaria interessado em pagar a multa rescisória, que era na ocasião de 30 milhões de euros (126 milhões de reais na cotação atual) e mais algumas comissões para poder contar com o atacante, fizeram com que o empresário mudasse o foco das negociações.

Exatamente um mês depois a ligação, Vinicius Jr. atuou pela primeira vez como jogador profissional, contra o Atlético-MG.

Após dois dias, o atacante renovou seu vínculo com o Flamengo até 2022, obtendo um substancial aumento salarial e também da multa rescisória, que passou de 30 para 45 milhões de euros ( 189 milhões de reais na cotação atual).

Este valor adicionado era exatamente o qual Florentino Perez, presidente do Real Madrid, concordou em pagar a mais ao time carioca.

Com isso, Vinicius Jr. foi vendido aos Merengues por 45 milhões de euros.

Segundo o jornal espanhol, os 8 milhões de euros (33 milhões de reais na cotação atual) de comissão para o empresário de Vinicius Junior e mais 8 milhões para a família 'fizeram com que o rumo do jogador mudasse completamente'.

Nesta quarta-feira, o Real Madrid, de Vinicius Jr., enfrenta o Barcelona, de Messi, nas semifinais da Copa do Rei, na Catalunha.

Você pode acompanhar esta partida na ESPN Brasil, às 18h, e também pelo WatchESPN.