<
>

Champions League: Cristiano Ronaldo passa em branco e Juventus perde para o Young Boys

play
Real Madrid x CSKA Moscou: veja 20 momentos de Vinícius Júnior na derrota por 3 a 0 (0:35)

O atacante brasileiro finalmente estreou como titular pela Champions, mas não guardará boas lembranças desta quarta-feira. (0:35)

O futebol deu mostras, nesta quarta-feira, do porque é o esporte mais apaixonante e imprevisível do mundo. Afinal, onde mais uma equipe poderosa como a Juventus, atual heptacampeã nacional e que conta com ninguém menos do que Cristiano Ronaldo, cinco vezes melhor jogador do mundo, perderia para o desconhecido Young Boys, da Suíça, time já eliminado da Uefa Champions League? Pois foi exatamente o que aconteceu. Com direito a dois gols de Guillaume Hoarau, atacante com passagem pelo Paris Saint-Germain e que garantiu o resultado de 2 a 1. O gol juventino foi anotado por Dybala.

Apesar do resultado, a equipe italiana, favorecida com a derrota do Manchester United para o Valencia, terminou na 1ª colocação do Grupo H. Isso porque somou 12 pontos na primeira fase, contra 10 do rival inglês, que também se garantiu nas oitavas. As equipes aguardam agora o sorteio da próxima fase, marcado para a próxima segunda-feira.

O JOGO

Maior artilheiro da história da Champions, Cristiano Ronaldo deu mostras, desde os primeiros minutos, que queria balançar as redes nesta quarta. Aos 12, ele recebeu de Douglas Costa e, mesmo sem ângulo, chutou forte. Ele só não abriu o placar graças ao zagueiro Camara, que se jogou na frente da bola e evitou o gol. Dois minutos mais tarde, Ronaldo recebeu na entrada da área, limpou a marcação e bateu, com a bola passando perto do gol.

Aos 26, foi a vez de Douglas Costa ter uma boa chance. Mas o brasileiro também chutou para fora.

E como diz aquela máxima no futebol, quem não faz, toma. Um minuto depois, Alex Sandro se enrolou e derrubou Ngamaleu dentro da área. Pênalti para o Young Boys. Hoarau, atacante que passou pelo PSG entre 2008 e 2013, bateu no cantinho e abriu o placar.

Na volta para a segunda etapa, a Juventus, em desvantagem no placar, foi mais ainda para cima. E logo no primeiro lance de ataque, quase empatou. Após cobrança de falta, Hoarau desviou contra a própria meta e por pouco não marcou contra.

Aos 21, Mandzukic, de cabeça, teve outra boa oportunidade, mas parou no goleiro Wolfli. E a história do primeiro tempo se repetiu. No minuto seguinte, mais um gol do Young Boys, novamente do atacante Hoarau. Ele recebeu pelo meio, passou fácil por Bonucci e bateu firme, sem chances para Szczesny.

Pouco tempo mais tarde, o atacante francês quase marcou o terceiro. E seria um golaço. Ele recebeu cruzamento e tentou de bicicleta, mas a bola foi para fora.

Aos 34, a Juventus finalmente conseguiu o seu gol. Douglas Costa carregou e tocou para Cristiano Ronaldo. O camisa 7 fez o pivô e ajeitou para Dybala, que soltou uma bomba para marcar.

Oito minutos mais tarde, quase o empate. Ronaldo subiu mais que os zagueiros e, de cabeça, mandou a bola na trave.

E aos 47, Dybala acertou mais um belíssimo chute, marcando o gol, mas o árbitro anulou, alegando que Cristiano Ronaldo, em impedimento, atrapalhou o goleiro.