<
>

Com artilheiro ex-Benfica e 'novo Arrascaeta', veja destaques do futebol sul-americano que podem reforçar seu clube em 2019

play
Jogadores que brilham na América do Sul podem pintar no Brasil em 2019 (1:16)

Emmanuel Gigliotti é o atual artilheiro no Campeonato Argentino, com 12 gols marcados (1:16)

A temporada do futebol brasileiro acabou e, com isso, os principais times do país já começam a se preocupar com reforços para o próximo ano. Muitos nomes já estão sendo especulados, principalmente de atletas que estão em clubes europeus, ou então dentro do Brasil. E por qual motivo as equipes não buscam esses novos jogadores nos nossos países vizinhos?

Inúmeros atletas se destacaram bastante nos principais torneios do continente em 2018, participando diretamente de muitos gols, ou balançando as redes adversárias, ou então dando assistências.

E baseado nesse critério, o ESPN.com.br selecionou alguns bons nomes que brilham nos principais torneios nacionais da América do Sul, sejam eles revelações ou até mesmo veteranos, que certamente se dariam bem no futebol brasileiro:

ARGENTINA

Na Argentina, o campeonato local ainda está em andamento (15 jogos disputados), mas alguns jogadores já começam a dar mostras de que serão os destaques do torneio. Um deles é o centroavante Emmanuel Gigliotti, de 31 anos, que atua no Independiente. O atleta, que recentemente teve seu nome ligado ao Santos, já participou diretamente de 14 gols no Argentino, com 12 gols e 2 assistências. Caso algum clube brasileiro pense em contratá-lo, o site Transfermarkt, especialista no mercado de jogadores, acredita que ele custa pouco mais de R$ 13 milhões.

Para quem deseja gastar um pouco menos com igualmente um atacante de qualidade, Luis Rodríguez, do Atlético Tucumán, é uma alternativa. Seus 8 gols e 3 assistências até aqui são fundamentais para levar o time para uma improvável 3ª posição momentânea no torneio nacional. E para quem deseja contratá-lo, o atleta de 33 anos custaria algo em torno de R$ 6,68 milhões.

PARAGUAI

Quando falamos de Campeonato Paraguaio, os jogadores que mais se destacaram são velhos conhecidos. Óscar Cardozo, centroavante de 1,93m com passagem vitoriosa pelo Benfica, foi o artilheiro do torneio, com 15 gols, mostrando que, aos 35 anos, continua com faro de gol afiado. Ele, que atualmente defende o Libertad, está avaliado em R$ 3,3 milhões e seria uma ótima opção para quem procura um fazedor de gols. Na última Libertadores, ele anotou 4 gols e ainda deu duas assistências, levando sua equipe até as oitavas de final.

Quem aparece na sequência é Santiago Salcedo, que também costuma ir bem em todas as competições sul-americanas dos últimos anos. Agora defendendo o Deportivo Capiatá, o paraguaio que construiu carreira no futebol argentino, fez 12 gols no último campeonato local e, com seus 37 anos, seria um reforço barato para os clubes brasileiros: R$ 2,2 milhões.

CHILE

Quem mais brilhou nessa temporada no futebol chileno também foi um veterano. Esteban Paredes, de 38 anos, anotou 19 gols e deu 1 assistência com a camisa do Colo-Colo, onde está desde 2014, no último campeonato local. Apesar de seus ótimos números ofensivos, isso não foi o suficiente para sua equipe ir bem no torneio, terminando na 5ª posição, 18 pontos atrás da campeã Universidad Católica.

Para quem quiser contratá-lo, o preço gira em torno de R$ 1,7 milhão, bem menos do que o que custaria o argentino Tobías Figueroa, do Unión Española. Aos 26 anos e autor de 14 gols e 5 assistências no torneio em 2018, ele, que chegou ao Chile após passar por muitos clubes de menor expressão na Argentina, está avaliado em R$ 5,3 milhões. Porém, seu contrato está próximo do fim, o que pode facilitar uma saída.

URUGUAI

Boas promessas aparecem no futebol uruguaio. O principal deles é Gabriel Fernández, atacante que chegou ao Peñarol neste ano e mostrou que não sentiu o peso da camisa, marcando 9 gols e distribuindo 4 assistências na última temporada, onde inclusive levou seu time ao título. Aos 24 anos, ele poderia ser tranquilamente negociado futuramente com o futebol europeu. Seu custo? R$ 2,2 milhões.

Outra opção que aparece com destaque é Federico Martínez. O meia, que já foi apontado como novo De Arrascaeta, que brilha no Cruzeiro, joga no Liverpool-URU, clube que o revelou e está avaliado em R$ 1,7 milhão. Apesar de atuar um pouco mais longe do gol, o atleta de 22 anos terminou o Uruguaio com 8 gols e 3 assistências.

COLÔMBIA

Já no Campeonato Colombiano, computando apenas o torneio disputado no segundo semestre, o líder de estatísticas é o atacante Dayro Moreno, que, atuando pelo Nacional de Medellín, marcou 8 gols e deu 2 assistências em apenas oito jogos disputados. O atleta de 33 anos, que já teve uma passagem pelo Atlético-PR, é praticamente um andarilho do futebol sul-americano e em 2019 busca uma nova oportunidade, já que rescindiu seu contrato com o antigo clube e está disponível no mercado.

Outro atacante que também brilhou na competição é o argentino Germán Cano, do Independiente Medellín. Com 30 anos e boa presença na área, ele é outro que já passou por muitos clubes, sendo artilheiro em todos eles. Na atual temporada, fez 8 gols e deu 1 assistência. Seu preço? R$ 11,2 milhões.