<
>

Ajax e Feyenoord terão que voltar a campo e disputar minutos restantes de jogo interrompido por confusões

O clássico entre Ajax e Feyenoord, no último domingo (24), na Johan Cruyff Arena, em Amsterdã, pela 5ª rodada do Campeonato Holandês, teve que ser interrompido antes do fim depois que a partida foi paralisada três vezes por lançamento de sinalizadores no gramado e confusões entre torcedores e polícia. Nesta segunda-feira (25), por sua vez, a KNVB (Real Federação Holandesa de Futebol) anunciou que a partida terá que ser retomada.

Segundo a entidade, o dérbi será reiniciado na próxima quarta-feira (27), às 14h no horário local (9h de Brasília), acontecendo com portões fechados.

Quando o árbitro apitar a retomada do confronto, o placar mostrará 3 a 0 para o Feyenoord.

"No domingo, Ajax x Feyenoord foi interrompido depois de 55 minutos, após sinalizadores e fogos de artifício serem atirados no gramado. Como a partida foi abandonada, a diretoria da liga determina que deve ser definido o resultado do jogo. O princípio básico é que a competição tem que ser a mais justa possível. Por isso, o resultado do jogo deve ser definido no campo", escreveu a Federação.

O duelo acontecerá novamente na Johan Cruyff Arena, em acordo com a prefeitura de Amsterdã.

Com isso, a partida entre Ajax e Volendam, que já estava marcada par a quarta-feira, será adiada.

Entenda o caso

Quando a partida foi abandonada e posteriormente suspensa, durante o 2º tempo, a equipe visitante vencia por 3 a 0, com um gol do brasileiro Igor Paixão, ex-Coritiba.

Revoltados, os fãs do Ajax começaram a jogar artefatos pirotécnicos no campo, o que fez o duelo ser interrompido por questões de segurança.

Além dos sinalizadores, os torcedores do time de Amsterdã também atiraram vários outros objetos no campo de jogo, como garrafas e copos.

A situação já era tensa quando o Feyenoord, extremamente superior na partida, vencia por 2 a 0, e só piorou depois que Igor Paixão anotou o 3º tento dos visitantes.

Foi justamente depois desse lance que os ultras do Ajax voltaram a arremessar os sinalizadores do gramado, o que fez a partida ser suspensa de vez.

Na saída dos torcedores, ainda houve muita confusão e correria, principalmente depois que a polícia usou gás lacrimogênio para conter a fúria dos ultras do Ajax.