<
>

Sete títulos em seis anos: veja o que Ancelotti fez enquanto Tite foi técnico da seleção brasileira

A CBF já tem o "sim" do novo técnico da seleção brasileira. Segundo apurou a ESPN, em informações do apresentador Bruno Vicari, o italiano Carlo Ancelotti, do Real Madrid, já sinalizou positivamente em relação ao interesse de assumir a Amarelinha e ser o substituto de Tite.

Segundo apurou a ESPN, as partes não vão confirmar publicamente o acordo neste momento, já que o treinador ainda tem o contrato com o clube espanhol até junho de 2024 com o Real. Também ainda não há qualquer compromisso assinado com a CBF, apenas a sinalização positiva.

Os detalhes do contrato, que seria de três anos, começando em julho de 2023 até agosto de 2026, após o final da Copa do Mundo em Estados Unidos, México e Canadá, ainda estão sendo discutidos.

E durante o período em que Tite esteve no comando do Brasil, de 2016 a 2022, Ancelotti teve sucesso nos clubes por onde passou, inclusive conquistando sete títulos em seis anos. O italiano acumulou passagens por Bayern de Munique, Napoli, Everton e Real Madrid, onde segue até o momento.

Na Alemanha, Ancelotti chegou na temporada 2016/17, após dois anos no comando do Merengue, onde teve a sua primeira passagem pelo Santiago Bernabéu. Durante o período, foram três títulos conquistados: uma Bundesliga (2016/17) e ainda duas Supercopas da Alemanha (2016 e 2017). O italiano deixou a Baviera em 2018.

Em seguida, Carletto voltou à Itália para comandar o Napoli. Entre 2018 e 2019, teve como melhor campanha no Italiano o vice-campeonato na temporada 2018/19. Foi demitido em dezembro de 2019.

11 dias depois, foi confirmado como treinador do Everton, dando início à sua segunda passagem pela Premier League depois de comandar o Chelsea (2009/10 e 2010/11). Na Inglaterra, ficou de 2019 a 2021 e teve como melhor colocação um 10º lugar na elite inglesa.

Até que, em junho de 2021, Ancelotti acertou o seu retorno ao Real Madrid. E, até o momento, conquistou quatro títulos: LaLiga, Champions League, Supercopa da Espanha e da Uefa.

Na atual campanha, o Merengue é o vice-líder do Campeonato Espanhol com 45 pontos, oito atrás do líder e arquirrival, Barcelona. O Real ainda está nas oitavas da Liga dos Campeões, onde terá pela frente o Liverpool. Na Copa do Rei, o Barça será o adversário na semifinal.

Neste sábado (11), a partir das 16h (de Brasília), o Real Madrid brigará pelo título do Mundial de Clubes e, no Marrocos, encara o Al Hilal, da Arábia Saudita, na decisão.