<
>

Flamengo adota cautela, programa novos testes de COVID-19 após resultados inconclusivos e mantém expectativa; veja quem ainda pode jogar na Libertadores

play
'Te amo, meu Flamengo': Gerson se declara a ex-clube em autógrafo para torcedor; VEJA (0:25)

Jogador curte férias do Olympique de Marselha, da França (0:25)

Partida válida pelas oitavas de final da Conmebol Libertadores terá transmissão ao vivo pela ESPN no Star+


O Flamengo encara o Tolima nesta quarta-feira (29), às 21h30, pelas oitavas de final da Conmebol Libertadores. E o Rubro-Negro terá cinco baixas por COVID-19 na partida, que terá transmissão pela ESPN no Star+.

Nesta segunda-feira (27), oito atletas foram diagnosticados com sintomas e acabaram passando por testes de COVID-19: os goleiros Diego Alves e Matheus Cunha, os zagueiros Fabrício Bruno e Rodrigo Caio, além dos volantes Willian Arão, Daniel Cabral, Matheus França e Kauã. A informação foi divulgada pelo site ge e confirmada pela ESPN.

Os dois últimos nomes foram chamados às pressas para compor o grupo por conta das muitas baixas que tem o Flamengo neste momento, mas como testaram positivo precisaram retornar. Desta forma, o octeto não viaja com o grupo nesta segunda-feira (27).

No entanto, ainda há uma brecha para que Dorival Jr. possa contar com alguns nomes, já que o departamento médico trabalha com resultados inconclusivos e se prepara para uma nova testagem. O jogador que testar negativo viajará na terça-feira (28).

Por conta de COVID-19 e suspensão, o setor de meio-campo dá dor de cabeça ao técnico Dorival Jr. João Gomes levou o terceiro amarelo na última rodada da fase de grupos e está fora.

A expectativa era de ter Arão como titular ao lado de Thiago Maia e Andreas. No entanto, o camisa 5 testou positivo. Daniel Cabral, que está com o time sub-20, seria chamado para compor o elenco. No entanto, o jovem também apresentou sintomas. Ele vai passar por novo exame.

Com isso, Dorival Jr. agora quebra a cabeça para montar o time titular no meio-campo. Diego Ribas é a opção caso o treinador queira manter o esquema.