<
>

Série B: Palacios faz gol 'à la Juninho', Vasco bate o Operário, emplaca 4ª vitória seguida e fica a 1 ponto do Cruzeiro

Em São Januário lotado, o Vasco venceu por 3 a 0 o Operário-PR, pela 14ª rodada


O Vasco segue embalado na Série B do Brasileirão. Nesta sexta-feira (24), mais uma vez com São Januário tomado por sua torcida, o Cruzmaltino recebeu o Operário-PR pela 14ª rodada da competição e venceu por 3 a 0.

Esta foi a quarta vitória seguida do clube carioca na Série B, que segue invicto na segunda divisão, com 8 triunfos e 6 empates.

No primeiro tempo, apesar do apoio em massa de sua torcida, o Vasco não conseguiu se impor em campo e por isso levou pouco perigo à meta do Operário, que finalizou mais vezes nos 45 minutos iniciais: 7 contra apenas 3 do Cruzmaltino.

Aos 35 minutos, os zagueiros Anderson Conceição e Thales se chocaram de cabeça no ar e ficaram caídos no chão. Por conta do forte contato, os dois jogadores tiveram cortes na região da cabeça e precisaram de atendimento.

No segundo tempo, o Vasco passou a ter mais a bola e a construir melhor as jogadas, e a melhora em campo trouxe resultado.

Aos 34 minutos, após duas tentativas, Nenê cruzou na área para Quintero que, de cabeça, mandou para o fundo das redes e fez 1 a 0 para o Vasco.

Este foi o primeiro gol do zagueiro colombiano, emprestado pelo Fortaleza, com a camisa do clube carioca.

No fim do jogo, o Vasco ainda marcou mais duas vezes, com Nenê, de pênalti, e Carlos Palacios, que anotou um golaço de falta 'à la Juninho Pernambucano' e, após cobrança de falta, acertou a bola no ângulo do goleiro do Operário.

Situação do campeonato

Com o resultado, o Vasco assegurou a vice-liderança e foi a 30 pontos na tabela da Série B. Agora os cariocas estão a apenas 1 do Cruzeiro, líder da competição, que ainda entra em campo pela 14ª rodada, contra o Sport, na terça-feira (28).

Já o Operário, é o 10° colocado na tabela com 16 pontos, no momento a 6 do G-4.

Apoio à causa LGBTQIAP+

Em comemoração ao Dia do Orgulho LGBTQIAP+, no próximo dia 28 de junho, o Vasco mostrou mais uma vez o apoio à causa e preparou uma série de homenagens por conta da data.

Na manhã desta sexta, o clube divulgou um manifesto assinado pelas principais torcidas organizadas vascaínas, que também acordaram um Código de Ética e Conduta.

Já para a partida, seis bandeiras com as cores do arco-íris foram levantadas pela torcida nas arquibancadas de São Januário, além de uma faixa, estendida na marquise do estádio com os dizeres ""Respeito, Igualdade e Diversidade".

Próximos jogos

O Vasco agora volta a campo no meio de semana, pela 15ª rodada da Série B, e encara o Novorizontino, no interior de São Paulo, na próxima quarta-feira (29), a partir das 21h30 (de Brasília).

Antes, na segunda-feira (27), o Operário recebe a Chapecoense em casa, a partir das 20h, pela mesma rodada.

Ficha técnica

Vasco da Gama 3 x 0 Operário-PR

GOLS: Vasco: Quintero (34' 2°T), Nenê (44' 2°T pen.) e Palacios (51' 2°T)

VASCO: Thiago Rodrigues; Weverton, Quintero, Anderson Conceição e Edimar; Figueiredo, Andrey Santos, Yuri Lara (Juninho) e Gabriel Pec (Raniel); Nenê (Matheus Barbosa) e Getúlio (Palacios). Técnico: Maurício Souza

OPERÁRIO: Simão; Thales (Ronald), Renie e Willian Machado (Junior Brandão); Arnaldo, Ricardinho, Tomas Bastos (Reina) e Fabiano; Giovanni Confreste (GiovaniAlbuquerque), Silvinho (Felipe Saraiva) e Paulo Sérgio . Técnico: Claudinei Oliveira.