<
>

Mbappé surpreende e ignora Real Madrid para ficar no PSG; veja os detalhes de todo o negócio

Craque escolheu por permanecer em Paris e recusar mais uma oferta do Real Madrid


Kylian Mbappé já escolheu o futuro e garantiu que ficará no Paris Saint-Germain, disseram fontes à ESPN, em uma reviravolta chocante que vê o Real Madrid perder novamente sua meta de transferência de longo prazo.

Mbappé, de 23 anos, era amplamente esperado para se mudar para o Bernabéu neste verão, com seu contrato com o PSG expirando em 30 de junho. Mas, após uma mudança tardia de opinião, o francês deve assinar um contrato de três anos com o PSG.

Fontes acrescentaram que Mbappé conversou com o presidente do Real Madrid, Florentino Perez, para informá-lo de sua decisão, além de comunicá-la ao técnico do PSG, Mauricio Pochettino, e seus companheiros de equipe.

O Real Madrid esteve em contato com a comitiva de Mbappé durante toda a temporada, desde que o PSG rejeitou uma série de ofertas de cerca de 200 milhões de euros, mais de R$ 1,2 bilhão, pelo atacante no verão passado. Fontes disseram à ESPN que acreditavam que tinham a palavra do jogador de que ele se juntaria a eles como um jogador livre.

No entanto, o PSG estava determinado a convencer Mbappé a ficar, e fontes disseram à ESPN que os franceses ofereceram a ele termos muito melhores em um novo acordo que era financeiramente mais atraente do que a oferta do Real Madrid, em um esforço para garantir uma mudança de opinião.

Ambos os clubes estavam confiantes em vencer a batalha pelo atacante, mas a falta de confirmação do estafe de Mbappé, bem como seu comportamento público e declarações nas últimas semanas, levaram a incertezas de ambos os lados. Fontes disseram à ESPN na sexta-feira (20) que havia "nervosismo e confusão" no Real Madrid em torno da situação de Mbappé, bem como um crescente "pessimismo" sobre a conclusão da contratação de alto nível.

O clube havia antecipado a tentativa tardia do PSG de mudar a mente do jogador, mas acreditava que ele seguiria seu compromisso com eles e resistiria à pressão que estava enfrentando do clube francês.

Este mês, Mbappé foi eleito o jogador do ano da Ligue 1 pela terceira vez, depois de marcar 25 gols e 17 assistências na conquista do título do PSG. Na Champions League, o PSG terminou em segundo em seu grupo atrás do Manchester City antes de ser eliminado pelo Real Madrid nas oitavas de final.

O Real Madrid está atrás de Mbappé há uma década, mas agora está frustrado mais uma vez em seu desejo de trazê-lo para o Bernabéu.

Ele foi ao clube espanhol em 2012, conhecendo os ídolos de infância Cristiano Ronaldo e Zinedine Zidane, antes de assinar pelo AS Monaco. O Real Madrid esteve perto de conseguir Mbappé em 2017, depois que ele atuou pelo Mônaco na campanha para as semifinais da Champions, mas o atacante optou por assinar com o PSG, para onde se mudou por uma taxa recorde mundial por um adolescente.

Desde que ingressou, Mbappé marcou 168 gols em todas as competições, perdendo apenas para Edinson Cavani na lista de artilheiros de todos os tempos do PSG. Mbappé conquistou quatro títulos da liga no clube - em 2018, 2019, 2020 e 2022 - além de chegar à final da Champions League em 2020.

Durante todo esse tempo, o craque permaneceu o principal alvo do Real Madrid e do presidente do clube. A ESPN informou em agosto de 2021 que o os merengues fizeram uma série de ofertas por Mbappé, a última das quais valeu até 200 milhões de euros, cerca de R$ 1,2 bilhão.

O diretor esportivo do PSG, Leonardo, criticou o Real Madrid por uma "falta de respeito" pela forma como lidou com a busca por Mbappé.

O jogador foi frequentemente questionado por repórteres sobre seus planos futuros ao longo da temporada - e minimizou a crescente pressão do PSG para concordar com uma renovação lucrativa - enquanto desfrutava da melhor temporada da carreira em campo.

Tendo recusado a chance de se juntar ao Real Madrid, ele agora continuará sendo a figura principal do PSG enquanto espera sua sexta temporada no clube francês.

*Informações de Alex Kirkland, da ESPN, foram utilizadas nesta reportagem