<
>

'Quando estou descansando e vejo notícias de Mbappé no Real Madrid, me dá dor de estômago', dispara estrela do PSG

Em entrevista ao jornal Le Parisien, Marco Verratti falou sobre as especulações envolvendo o seu companheiro de PSG


A indefinição quanto ao futuro de Kylian Mbappé para a próxima temporada afeta até mesmo os próprios companheiros do atacante no Paris Saint-Germain. Em entrevista ao jornal francês Le Parisien, o volante Marco Verratti revelou que ver o noticiário falando a todo instante sobre o possível destino do camisa 7 dá até 'dor de estômago'.

Companheiro de longa data de Mbappé no clube parisiense, o meio-campista italiano disse que, qualquer seja a decisão a ser tomada pelo atacante (se renova ou vai para o Real Madrid), ela terá um grande impacto no clube. Verratti ainda revelou que espera que o camisa 7 permaneça e, inclusive, que já levou alguns sustos após ver notícias ligando o jogador ao clube espanhol para a próxima temporada.

"Terá um impacto no clube, seja qual for sua decisão. Ele é um dos jogadores mais importantes do planeta no momento, então todos queremos que ele fique aqui. Mas quando falo com ele, é mais para rir . No futebol, quando você tem algo em mente, quando uma decisão está próxima, você não fala muito sobre isso. A decisão é dele, e eu estou esperando por ela, como você. Quando estou descansando e vejo o notificações de que Kylian está em Madri, me dá uma dor de estômago (risos). Embora depois ele me diga: "Não se preocupe, eu estava de férias. Estamos todos esperando para descobrir", começou por dizer.

O italiano ainda disse que evita dar qualquer tipo de conselho para Mbappé, tentando convencê-lo a ficar no PSG, e justificou.

"Não (não dou conselhos), porque ele sabe o que eu penso. Não seria um bom conselheiro, pelo menos não seria objetivo. Eu não pensaria no bem dele, mas no bem de todos aqui em Paris (risos)", finalizou.

Mbappé tem contrato com o PSG até o fim de junho e ainda não renovou com o clube francês. Por outro lado, a expectativa é que o atacante deixe Paris de graça para enfim se juntar ao Real Madrid, que tenta contratá-lo há algumas temporadas.