<
>

Sul-Americana: Inter terá reencontro com ex-colorado e viagem longa; veja raio-x do grupo E

play
Copa Sul-Americana: Inter terá pela frente Independiente Medellín e dois 'desconhecidos' (0:53)

9 de Octubre-EQU e Guaireña-PAR completam o grupo de Inter e Independiente (0:53)

Internacional conheceu nesta sexta-feira (25) seus três adversários na fase de grupos da Sul-Americana


Os sete representantes do Brasil na fase de grupos da Copa Sul-Americana conheceram, na tarde desta sexta-feira (25), os seus adversários na briga por vagas no mata-mata do torneio.

Em busca do bicampeonato, o Internacional terá pela frente os seguintes rivais na chave E: Independiente Medellin (COL), 9 de Octubre (EQU) e Guaireña (PAR).

Vale lembrar que somente primeiro colocado de cada grupo avança às oitavas de final. Cada time disputará seis jogos, sendo três em casa e três fora.

Os terceiros colocados de cada grupo da Conmebol Libertadores vão completar as oitavas da Copa Sul-Americana. A grande final está marcada para o dia 1º de outubro de 2022, no Mané Garrincha, em Brasília.

Confira abaixo o Raio-X de cada adversário do Internacional da Sul-Americana:

Independiente Medellin

O tradicional time colombiano, vencedor de oito títulos nacionais, é visto como o rival mais difícil para o Inter nesta fase. O Medellin faz boa campanha no Campeonato Colombiano e conquistou classificação para a Sul-Americana depois de bater o América de Cali nos pênaltis por 3 a 1.

A equipe colombiana ainda com um conhecido da torcida colorada no elenco. Trata-se do atacante Juan Cuesta, que teve passagem pelo Beira-Rio em 2021. Ele foi imprestado ao Inter, fez poucos minutos sob o comando de Diego Aguirre e acabou devolvido do Independiente Medellin no início deste ano.

A grande aposta dos colombianos para avançarem na competição é a experiência do técnico Julio Avelino Comesaña, que foi vice-campeão da Sul-Americana com Junior de Barranquilla em 2018.

9 de Octubre

Apesar de ter escapado de confrontos na altitude, o Inter terá o desafío logístico maior por conta da viagem ao Equador para encarar o 9 de Octubre, estreante na competição, já que o local do jogo é distante pouco mais de 4 mil km de Porto Alegre.

A equipe equatoriana, que espera fazer valer o fator ''casa'' para avançar no torneio, não faz um bom campeonato nacional, ocupando a antepenúltima posição com apenas quatro pontos em cinco jogos.

Um curiosidade é que apesar do nome, o time não foi fundado no dia 9 de outubro e sim em 18 de abril de 1912. A data que dá nome ao clube é em homenagem à independência de Guayaquil da Espanha, em 1820.

Guaireña

Com apenas cinco anos de existência, o time paraguaio é a grande surpresa da competição até então e tende a ser o adversário mais fácil para o Inter nesta fase.

Em 2019 conquistou seu único título até então: a segunda divisão do campeonato paraguaio. Atualmente o Guaireña acumula quatro derrotas seguidas no torneio nacional e luta para não cair.