<
>

Schumacher está consciente, garantiu enfermeira de hospital francês para jornal

play
Victor Martins analisa internação de Schumacher: 'Significa que a medicina convencional não tem resolvido' (1:08)

Ex-piloto alemão está internado para 'tratamento secreto' (1:08)

Michael Schumacher está consciente no hospital Hospital Europeu Georges-Pompidou, em Paris, foi o que relatou uma enfermeira da unidade de cardiologia do hospital para um confidente, segundo jornal "Le Parisien".

"Sim, está no setor no qual trabalho", disse a funcionária do hospital, na versão publicada pelo jornal francês desta quarta-feira. "E te asseguro que ele está consciente".

O alemão foi internado na última terça-feira para um tratamento "secreto". A segurança do hospital foi reforçada e os jornalistas não têm acesso aos médicos e as pessoas próximas do ex-piloto de F-1.

De acordo com os jornais europeus, Schumacher recebeu a visita de alguns familiares e também de Jean Todt, presidente da FIA, amigo pessoal do piloto e que, de 2004 a 2007, comandou a Ferrari.

Heptacampeão de F-1, Schumacher será submetido a transfusões de células-tronco para alcançar uma ação "anti-inflamatória sistêmica". O tratamento será aplicado pelo cirurgião cardíaco Philippe Menasché, membro do Instituto do Cérebro e da Medula Óssea do Hospital Pitié-Salpêtrière, em Paris.

O médico e a alta cúpula do Georges-Pompidou não confirmam nem negam as informações sobre o tratamento do alemão sob o argumento de segredo médico. A imprensa francesa, porém, assegura que Schumacher, que mora na Suíça, já se deslocou para Paris duas vezes no primeiro semestre para fazer o tratamento.

Assim como este tratamento, a família de Michael costuma manter as informações sob o ex-piloto em segredo. Atualmente com 50 anos de idade, ele sofreu um grave acidente em um dezembro de 2013. Descendo a pista de esqui de Méribel, no sul da França, quando caiu e bateu a cabeça em uma rocha. Desde então vem realizando tratamentos.