<
>

Muito além do Blanka: Conheça os personagens brasileiros mais importantes dos videogames

Alguns dos personagens brasileiros mais importantes da história dos videogames Reprodução

Depois de reunir locais do Brasil que foram usados como palco para o mundo dos videogames, o ESPN Esports Brasil traz a segundo parte do especial sobre nosso país. Desta vez, reunimos personagens brasileiros que fazem parte de grandes jogos ao longo da história. Tem um monte de capoeiristas, atiradores, skatistas e muitos outros nomes importantes que “nasceram” no Brasil.

OVERWATCH

Lúcio

Lúcio é um DJ nascido em uma comunidade do Rio de Janeiro. Na história de Overwatch, ele impediu que uma empresa indiana, Vishkar, explorasse a população local como mão-de-obra barata com o pretexto de revitalizar a Cidade Maravilhosa. É um personagem importante ao dar suporte e benefícios ao seu time, capaz de curar e aumentar a velocidade de seus companheiros.

THE KING OF FIGHTERS

Se no primeiro jogo da série, The King of Fighter’s 94, o time do Brasil não contou com brasileiros, mas com militares norte-americanos, a franquia da SNK trouxe ao longo dos anos personagens legitimamente “made in Brazil”.

Bandeiras Hattori

Presente em The King of Fighters XIV, Bandeiras cresceu no Brasil com o sonho de se tornar um ninja. O lutador treinou muito para se tornar um mestre das artes marciais e participar de KOF.

Nelson

Também presente em KOF XIV, Nelson é um talento prodígio do boxe. Ele perdeu um dos braços em um acidente, mas conseguiu voltar aos ringues com uma prótese.

STREET FIGHTER

Blanka

Por um tempo, o público achou que o mais popular brasileiro da história dos videogames não tinha nascido aqui. Neste período, acreditava-se que o personagem seria um militar estrangeiro que sofreu um acidente de avião e acabou na floresta amazônica.

A verdade é que Blanka nasceu no Brasil em 1966. Uma das versões de sua origem é que estava em um avião quando o veículo foi derrubado pela Shadaloo, a organização má comandada por M. Bison. Ainda criança, sofreu uma mutação que deu feições bestiais, cor verde e capaz de dar choques elétricos.

Sua primeira aparição foi Street Fighter II, de 1991, mas graças a sua popularidade esteve em outros jogos como Monster Hunter 4 Ultimate, Puzzle Fighter, Street Fighter X Tekken e Capcom vs. SNK.

Laura Matsuda

Com o tempo, a Capcom colocou mais brasileiros em sua franquia de luta. Laura Matsuda, lutadora especialista em Jiu Jitsu, nasceu em São Paulo e apareceu pela primeira no Street Fighter 5, de 2016. Usa roupas com cores que remetem à bandeira do Brasil.

Sean Matsuda

Irmão mais novo de Laura, Sean também nasceu em São Paulo, mas apareceu pela primeira em Street Fighter III New Generation, de 1997. Usa o mesmo estilo de luta e golpes semelhantes à de Ken Masters, seu ídolo.

TONY HAWK’S PRO SKATER

A importância dos skatistas brasileiros na história do esporte é refletido também na franquia de Tony, com a participação de brasileiros como Leticia Bufoni e Bob Burnquist.

FATAL FURY

Bob Wilson

Bob Wilson, ou Roberto Wilson, fez sua primeira aparição em Fatal Fury, de 1995. Capoeirista, considera sua arte marcial a maior de todo mundo. Se juntou a outro brasileiro, Richard Meyer, para abrir o bar Pao Pao Café.

Marco Rodriguez

Marco Rodriguez, ou Khushnood Butt, é um discípulo de Ryo Sakazaki. Ao se tornar um faixa preta, criou um dojo no Brasil para ensinar o caratê da do estilo Kyokugenryu.

Richard Meyer

Meyer é um capoeirista que usava suas habilidades como atração em casas noturnas. Após se mudar para os EUA, abriu o Pao Pao Café, cenário do Fatal Fury original e com temática de sua terra natal.

TEKKEN

Eddy Gordo

A franquia de luta é outra, mas os capoeiristas seguem como destaque quando o assunto é Brasil. Vestido de verde e amarelo, Eddy Gordo é mestre de Christie Monteiro. Aprendeu sua arte marcial enquanto cumpria a pena de um crime que não cometeu com o mestre Ho Chi Myong.

Christie Monteiro

Discípula na arte da Capoeira de Eddy Gordo, ela entrou no quatro game da franquia de Tekken para substituir seu mestre. É neta do mestre Myong.

DARKSTALKERS

Rikuo

Rikuo é mistura de homem e peixe que vivia nas águas da Amazônia junto com os seus, até que uma catástrofe destruiu seu reino. O personagem partiu na busca por sobreviventes e descobriu que um alien foi responsável pela tragédia do seu povo.

RAINBOW SIX SIEGE

Caveira

Taina "Caveira" Pereira é uma operadora que apareceu na terceira expansão do game, Operation Skull Rain, de 2016. Integrante do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) do Rio de Janeiro, nasceu em uma pequena cidade de São Paulo, Rinópolis. Presa aos 16 anos na fundação CASA, entrou para o BOPE como uma forma de reabilitação.

É uma operadora defensiva do game, pode se movimentar sem fazer barulho e descobrir a posição dos adversário ao interrogar inimigos caídos, dentre outras habilidades.

Capitão

Vicente “Capitão” Souza também apareceu na terceira expansão do game, Operation Skull Rain, de 2016. O operador nasceu em Nova Iguaçu. Após perder um dos seus três irmão, o mais velho, se juntou Polícia Civil carioca, seguido pelo BOPE. Usa um tapa-olho, acidente causado enquanto foi vítima de um sequestro. É capaz de obstruir a visão adversária com dardos de fumaça, tirar inimigos de sua posição com dardos de fogo.

SEGA SOCCER SLAM

Madeira

No game de futebol criado pela Sega, com jogadores fictícios, a jovem Madeira é a representante brasileira. Dançaria e artista marcial, usa sua agilidade e velocidade para derrotar os adversários.

VALORANT

Raze

Agente de codinome Clay, a brasileira de VALORANT nasceu em Salvador, Bahia. Destaca-se por seu carisma, usa suas habilidades com explosivos para causar bastante dano.