<
>

CSGO: 'Um dos melhores capitães da atualidade. É o que a FaZe precisa', avalia Gio sobre volta de Karrigan à FaZe

play
MatchMaking fala sobre a polêmica da Valve no CSGO (3:31)

Produtora tomou medidas contra técnicos nos próximos eventos (3:31)

Buscando deixar o fim de ano ruim no passado e começar 2021 com o pé direito, a FaZe Clan trouxe ao seu elenco o canadense Twistzz, que veio em uma boa fase na Team Liquid, e a volta da, talvez, peça mais importante de todas: Karrigan.

Afetados pela saída de NiKo da equipe, a FaZe Clan passou os últimos três meses com coldzera atuando como capitão, sem conseguir se encaixar e ter uma boa performance nos principais campeonatos de CSGO.

“Eu senti que a FaZe tinha perdido o controle do CS com o Cold, não por ele ser ruim, mas pelo clima que foi instaurado [com a saída de NiKo]”, comenta Gio, capitão da DETONA Pound, em entrevista exclusiva ao ESPN Esports Brasil.

Dois anos após deixar a organização, Karrigan se despediu da Mousesports e anunciou sua volta à FaZe para vestir o manto da organização e assumir a posição de capitão, que tanto fazia falta na equipe e atrapalhava o desempenho de coldzera como jogador.

Sobre o retrospecto do dinamarquês, Gio acredita que Karrigan é “um dos melhores capitães da atualidade e é sem dúvida nenhuma o capitão mais vitorioso na história do CS. Por onde ele passou, ele venceu, inclusive pela FaZe”.

A saída de Karrigan da organização em 2018 foi conturbada, apesar dos sucessos. Uma hora ou outra o desempenho cai, e isso fez com que os jogadores perdessem a confiança no capitão e não o valorizassem, conforme revelado por GuardiaN em entrevista à RivalryCSGO.

“Isso mostra muito do perfil do Karrigan, que mesmo com quatro jogadores querendo atrapalhar ele, tentava dar seu melhor e fazer as coisas funcionarem. Isso mostra um perfil de humildade e trabalho muito claro, que é o que a FaZe precisa”, avalia Gio.

“O Karrigan chegando, é o melhor ponto possível para literalmente tirar o peso das costas do Coldzera, a chegada do Twistzz junto e tudo mais, e levar a FaZe a crescer de novo”, completa.

A FAZE NO TOPO NOVAMENTE

A primeira passagem de Karrigan pela organização foi talvez um dos melhores elencos que a FaZe já teve. O dinamarquês conquistou oito títulos e formou um dos times mais fortes da época e hoje volta para tentar conquistar o topo novamente.

Apesar de acreditar que a FaZe finalmente terá um elenco que na prática poderá disputar o topo do cenário, Gio comenta que talvez a equipe tenha que se adaptar e seguir a tendência de ter um sexto jogador na equipe para que isso aconteça.

“O Vitality, todo mundo fala que o ZywOo merece um time melhor, mas a grande real é que o time é muito forte, o Nivera depois que chegou como sexto jogador agregou bastante ao time. Esse tipo de desafio é o que a FaZe vai ter que lidar, os times do topo estão contando com seis jogadores, então talvez eles precisem de mais um elemento ainda”, observa.

Com Twistzz chegando inspirado para dar um novo ar ao elenco, a equipe já mostrou uma melhoria em seu desempenho durante a última BLAST. Aliado a isso, a chegada de um dos melhores in-game leaders do mundo dará o gás que o time precisa para novamente brigar pelo topo - não só da Europa, mas do mundo.

Sobre o novo elenco construído pela organização, Gio acredita que em breve veremos a equipe pelo menos alcançando o Top 5, mas também acredita que é possível sonhar com uma colocação maior.

“É possível até um Top 1. Naturalmente não é fácil, não é um pódio muito alcançável em uma era onde temos Vitality e Astralis vivendo um momento incrível. Mas acredito que o Top 5 é o mínimo que a FaZe merece pelos jogadores que tem no elenco”, avalia Gio sobre o elenco montado.

A VOLTA DE COLDZERA AO TOP 1?

Fora de sua função de origem, atuar como capitão da FaZe era algo que visivelmente atrapalhava o desempenho de Coldzera dentro de jogo, que em muitas vezes não conseguiu mostrar seu todo seu potencial por conta da responsabilidade; inclusive o próprio jogador falou em entrevista ao ESPN Esports que a posição não é favorável a seu estilo de jogo.

Com a chegada do capitão dinamarquês na equipe, o brasileiro se livrará dessas correntes para poder focar em seu próprio jogo. Sobre a possível volta de coldzera ao Top 1 do mundo, Gio acredita que existe a possibilidade de o jogador voltar com tudo, mas que será uma tarefa difícil.

“Eu não sei se o Cold volta a ser Top 1 do mundo tão cedo porque a gente vive em uma era de ZywOo e S1mple. Com todo respeito, ele é um monstro, mas esses dois são praticamente imbatíveis. Mas sem dúvida nenhuma, existe a possibilidade do Cold voltar a ser gigante”, finaliza.