<
>

CSGO: Beyond the Summit também bane dead por uso de bug

Depois de ESL e ESIC, foi a vez da Beyond the Summit anunciar uma punição para o técnico da MIBR, dead.

Na tarde desta quarta-feira (2), a empresa responsável por organizar o cs_summit 6 concluiu que o treinador usou um bug dentro do Counter-Strike: Global Offensive para beneficiar a equipe durante esse torneio.

A competição ocorreu entre fim de junho e início de julho, e a infração, segundo as investigações da BTS, aconteceu durante o duelo da MIBR com a Triumph válido pela terceira partida da repescagem.

Na ocasião, a equipe de FalleN venceu por 2 a 1 e conseguiu se classificar para a fase seguinte da competição.

Nessa partida, a BTS confirmou que “dead abusou intencionalmente do glitch de espectador para obter uma vantagem competitiva injusta”. Dessa forma, ele infringiu a seção 15 do livro de regras, que aborda sobre "cheatar ou usar programas não autorizados".

Como punição, dead estará suspenso dos dois próximos torneios organizados pela BTS. Além disso, a MIBR foi desclassificada do cs_summit 6 e teve a premiação alcançada perdida.

Agora fica a questão sobre os pontos RMR obtidos nesse torneio. Isso porque a MIBR somou 1187.5 pontos para o classificatório rumo ao Major no Rio. Assim como no caso envolvendo a punição da ESL com a mesma infração cometida no ESL One Road to Rio, fica a cargo da Valve a decisão de tirar os pontos RMR somados nessas duas competições.