<
>

Lowkey Esports deve mais de 28 mil dólares na América do Sul, diz site

Lowkey fez novo investimento no Brasil, agora no Counter-Strike Reprodução

A Lowkey Esports encerrou suas atividades no Brasil na última terça-feira (7) ao dispensar suas equipes de Rocket League, CS:GO e Rainbow Six: Siege. De acordo com o site norte americano de notícias The Score Esports, a organização devia cerca de 28,676 mil dólares a jogadores brasileiros — o equivalente a 117 mil reais na cotação atual.

A dívida total da Lowkey ao redor do mundo chega a 137 mil dólares, o que aproxima-se de 563 mil reais, se convertido. No valor, estão inclusos times da América do Sul , Filipinas, Sri Lanka, Porto Rico, Estados Unidos, Canadá, África do Sul e Vietnã, incluindo salários e taxas operacionais de diversas modalidades de esports.

O jornalista Colin McNeil reportou que a empresa não pagou salários de nenhum de seus funcionários desde outubro de 2019, e alguns dos funcionários não receberam nenhum pagamento desde que assinaram com a equipe. Nenhuma explicação foi dada, também, sobre o desligamento oficial de seus times.

Os jogadores teriam recebido justificativas para a inadimplência da organização como erros bancários e problemas com o PayPal, cartões de crédito pré-pagos ou aplicativos de criptomoedas. Um dos representantes da marca Lowkey garantiu ao jornalista que os jogadores seriam pagos em até duas semanas, mas a razão dos atrasos não foi justificada.

LOWKEY NO BRASIL

O fim das operações da Lowkey no Brasil foi anunciado por jogadores da organização. A equipe de Rocket League, composta por Tander, caard e CaioTG1 e participante do Mundial da modalidade no último mês, anunciou sua saída e a busca por uma nova organização.

Cherna, da equipe feminina de Rainbow Six, divulgou em seu Twitter o desligamento de seu time, que é formado por ela, harley, Chl0e, dudaZera e bits. Assim também fez o time de CSGO, com demo, spy, RMN, ftx e zevy. A organização contava ainda com o time dos brasileiros murizzz, honorato, liko, ole e Ludwig no Overwatch, esquedrão bicampeão da Overwatch Contenders SA e participante do Atlantic Showdown.