<
>

Fifa 20: Construa sua equipe no FUT para aproveitar melhor seu estilo

Do time mais fraco à uma seleção, sua filosofia pode fazer a diferença Reprodução/EA Sports

Uma das funções principais de um técnico de futebol é implementar uma filosofia de jogo ao seu time. Será uma equipe defensiva? Uma que jogará fechada e partirá no contra-ataque? Quem sabe uma que mantenha a posse de bola e espere um erro de marcação do adversário ou “amasse” o outro time com uma grande força ofensiva.

Geralmente o técnico tenta aplicar seu estilo de acordo com o material humano que tem à disposição. O mesmo pode se dizer quando jogamos Ultimate Team de Fifa20, já que nossa função para com o time vai muito além de controlar os avatares em campo.

Passamos muito tempo buscando cards e planejando estratégias antes do pontapé inicial, mas nem sempre podemos aplicar o que há de melhor. Ter os principais cards é uma tarefa árdua (para não dizer cara), portanto nós, meros mortais, convivemos com jogadores de números bem mais modestos que Cristiano Ronaldo ou Lionel Messi.

Assim, na busca por um time com cards poderosos, trilhamos o caminho da construção do time em FUT com um material mais modesto. E para tirar o máximo de proveito, podemos fazer um caminho alternativo: se não é possível montar um time “galáctico”, que pelo menos ele se adeque ao nosso estilo de jogo e aos nossos pontos positivos.

Vamos navegar pelos passos para chegar a um time que jogue de acordo com o que você sabe fazer de melhor. Usarei meu exemplo, a maneira como cheguei ao time com o qual estou jogando deste o lançamento de Fifa 20.

PLANEJAMENTO

Para começar: o que você sabe fazer bem em um jogo de futebol?

• Defender
• Atacar
• Fazer lançamentos
• Jogo aéreo
• Driblar
• Contra-ataques
• Outro

Sempre fui melhor na defesa do que no ataque. Isso não quer dizer que seja um retranqueiro, mas acredito no conceito da “defesa sólida” para vencer meus jogos. Além dos mais, nunca me especializei em dribles ou finalização, mas em uma marcação eficiente que permita atacar com segurança.

O primeiro passo então é ter ciência do que você sabe fazer de melhor para poder focar em como potencializar suas qualidades e trabalhar suas fraquezas.

FORMAÇÃO

Se não sou bom no drible, troco passes para colocar meus atacantes na cara do gol. Com a posse de bola como foco, resolvi colocar o máximo de jogadores em meio-campo. Como tenho facilidade na defesa, sacrifiquei meus laterais e passei a jogar com 3 zagueiros.

Dentre as formações disponíveis em Fifa 20, encontrei a 3-1-4-2. Um volante ajuda com a defesa e 4 jogadores se posicionam na intermediária adversária para trocar passes: dois MC, MD e ME.

Se você é bom no ataque, mas sofre na defesa, já pensou em usar uma formação com 5 guardando sua meta? Gosta de contra-ataques? Então use pontas.

Busca algo mais equilibrado? A 4-2-3-1, por exemplo, é famosa nos esports de Fifa. Os pro players apostam nesta formação, pois tem bastante gente para defender atrás, 3 meias que possam munir um centroavante de qualidade, dentre outras funções.

Além da formação, há outros elementos que colaboram com sua filosofia de jogo, como a aba de Táticas na tela de gerenciamento do time. No meu caso, por exemplo, escolhi Armação Rápida, para que a troca de passes seja dinâmica.

JOGADORES

Uma vez que você tenha uma formação em mente, deve focar no perfil de jogadores para compor seu time. Voltando ao início desta matéria, falei que os cards mais poderosos são complicados e caros de ter. Portanto, se os Fifa Coins são escassos, uma boa garimpada no Mercado de Transferências pode ajudar.

No meu caso, tive que buscar zagueiros rápidos, já que há menos jogadores na defesa. O volante precisa ter Fôlego para ajudar na defesa e ataque. Nos quatro do meio campo, a primeira coisa que analisei em seus atributos foi a qualidade de Passe curto, Lançamento e Visão. São elementos que ajudam a promover os passes. Ter Agilidade ajuda na mudança brusca de direção e Chute de longe era um diferencial bem-vindo.

Para os atacantes, procurei números altos em Posicionamento e Finalização. Oras, eles serão os responsáveis pelo último toque na bola, aqueles que devem chutar ao gol.

Se você precisa melhorar sua defesa, não precisa olhar necessariamente para o rating geral, mas para os números de marcação. Para um jogo baseado na bola aérea, seus lateria devem ter fôlego e cruzamentos caprichados – além de um centroavante com Cabeceio elevado. Para quem joga no contra-ataque, quem sabe colocar dois pontas rápidos como atacantes?

Ter um jogador acima da média é ótimo, mas saber trabalhar com o que está disponível pode ser mais efetivo – e ter um melhor desempenho trará recompensas na forma de melhores cards.