<
>

LoL: Goku sofre acidente de carro e tem ferimentos leves; pai do jogador faleceu no local

Goku em jogo pelo Flamengo durante a fase de entrada do Mundial de League of Legends 2019. Riot Games

Um dos destaques do Flamengo pela Fase de Entrada do Campeonato Mundial de League of Legends 2019, o meio Goku sofreu um acidente na noite desta quinta-feira (17) em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. O meio Rubro-Negro sofreu ferimentos leves, mas o pai do jogador acabou falecendo no local.

Segundo o portal Campo Grande News, no boletim de ocorrência consta que o acidente ocorreu no KM 139 da BR-262 em Água Clara, a 198 km da capital.

O documento informa que o acidente foi causado por outro motorista, de nome Flávio Souza de Oliveira, que seguia um caminhão-trator e, ao realizar manobra de ultrapassagem de dois caminhões em área proibida, forçou Goku a frear o carro que estava dirigindo.

O jogador acabou perdendo o controle da direção e colidiu na lateral direita de um dos caminhões. Com o impacto, o pai do meio, Nelson Eiti Chidi, acabou morrendo no local. Flávio foi submetido ao teste de alcoolemia, mas o resultado foi negativo. O motorista foi levado à delegacia do município para prestar esclarecimentos.

O ESPN Esports Brasil procurou o Flamengo para confirmar a veracidade do acidente e o clube confirmou o ocorrido, mas não deu maiores detalhes. O Rubro-Negro se manifestou na rede social da equipe de esports para prestar condolências ao jogador.

Goku também se pronunciou no Twitter sobre o acidente. O meio afirmou que o pai “é o melhor homem que conheço e sempre foi um ídolo pra mim”. “Sei que ele vai estar me assistindo lá de cima e farei de tudo pra continuar trazendo orgulho pra ele”, escreveu.

Quanto ao seu estado de saúde, Goku explicou que só sofreu “pequenos cortes e arranhões” e que só está preocupado “com um corte semi-profundo no meu dedo indicador da mão esquerda”. No entanto, diz considerar um milagre estar vivo, andando e mexendo as mãos.

“Sorria e abrace seus pais enquanto eles estão aqui”, finalizou o jogador.

Em outra publicação, Goku agradeceu o apoio da comunidade e disse que vai se "ausentar da internet e cuidar da minha mãe, que precisa muito de mim agora".

INDICIADO

Segundo reportagem do G1, a perícia técnica realizada na apuração do acidente atestou a versão do suspeito, que foi indiciado pela polícia civil de Água Clara por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Flávio Souza de Oliveira prestou depoimento e, em seguida, foi liberado.