<
>

INTZ dá adeus ao StarLadder Berlim e Furia se complica após perder para forZe

Vistos tiram kNg e destiny da ESL Pro League de CS HLTV.org

O segundo dia do StarLadder Berlim não terminou bem para as equipes brasileiras que estão começando o Major pela primeira fase. O INTZ sofreu a terceira derrota seguida, sendo assim eliminado. Quem também perdeu foi a Furia, que agora vive situação delicada e precisando vencer a qualquer custo para chegar ao Legends Stage.

A Furia foi a primeira a entrar “em campo”, contra o forZe em confronto válido pelas equipes que estrearam com uma vitória e uma derrota. Nuke foi o mapa escolhido para sediar o duelo, que começou com os Panteras abrindo o placar. A equipe brasileira, inclusive, fechou a primeira metade com vantagem de pontos: 8 a 7. Mas o lado Terrorista dos brasileiros não encaixou, o que foi bem aproveitado pelo time russo, que fechou a partida em 16 a 10.

A derrota coloca a equipe liderada por arT com a corda no pescoço. Isso porque mais uma derrota significa a eliminação, o que seria um balde de água fria para aqueles que torcem para os Panteras já que o time era considerado um dos que tinham potencial para chegar na segunda fase.

Grayhound foi o algoz do INTZ no duelo que deu fim a participação do time brasileiro no segundo major da temporada. Train foi o mapa que abriu a série melhor de três (md3). Os Intrépidos até começaram o jogo marcando os primeiros pontos, mas logo tomaram a virada para o time australiano, que fechou a primeira metade vencendo por 12 a 3. A situação não mudou na troca de lados, com o time de Jerry comemorando a vitória por 16 a 5.

O confronto continuou na Nuke e o INTZ, novamente, começou o mapa vencendo por 3 a 0. Desta vez os brasileiros conseguiram aumentar a vantagem, mas aos poucos o Grayhound foi diminuindo o placar até conseguir fechar a primeira metade na frente por 8 a 7. Os Intrépidos, contudo, não entregaram a toalha e deram tudo de si jogando de Terrorista para conseguir sair com a vitória por 16 a 12.

Dust 2 foi o mapa no qual a série foi decidida. Desta vez a equipe brasileira começou perdendo, mas rapidamente conseguiu empatar em 3 a 3. Com uma defesa sólida o Grayhound não deixou os Intrépidos se criarem e fechou a primeira metade vencendo por 11 a 4. De Contra-Terrorista o INTZ deu tudo de si para frear os australianos, contudo não foi capaz. Com táticas inteligentes e aproveitando até mesmo os rounds eco, Grayhound fechou a partida em 16 a 7 e a série em 2 a 1.

TERCEIRO DIA

Syman Gaming será o adversário da Furia no confronto que vale a permanência da equipe brasileira na competição. A série está marcada para começar às 7h (de Brasília). Grayhound contra compLexity e Vitality versus HellRaisers são os outros duelos que decidirão os próximos eliminados ou não do Major.