<
>

Megan Rapinoe confirma lesão no tendão e espera estar pronta para jogar a final da Copa do Mundo

Os Estados Unidos venceram a Inglaterra por 2 a 1 para se garantirem na final da Copa do Mundo feminina e buscarem o 4º título da seleção norte-americana.

Uma das estrelas da equipe, Megan Rapinoe não jogou. A técnica Jill Ellis explicou em entrevista coletiva após o jogo que foi por conta de uma lesão no tendão e, devido a rumores, negou antes mesmo da partida de ser uma medida disciplinar por conta de seus protestos contra o presidente Donald Trump.

Megan, que já anotou 5 gols no torneio e poderia liderar a artilharia no jogo de hoje, que agora está empatada com Alex Morgan e Ellen White, disse que, apesar da lesão, está com esperanças de jogar na final.

“Meu tendão está melhorando a cada dia, mas eu sinto que estarei pronta para a final”, afirmou Megan para Karina LeBlanc, da FOX.

Ela foi substituída por Christen Press, que anotou o primeiro gol da seleção norte-americana na partida e falou sobre a sensação de estar no banco. “Quando estamos no banco, precisamos estar empolgadas pelo time e dar a energia e vibrações de fora. Fomos fundo novamente!”, falou.

Megan falou sobre cansaço e lesões, mas também acredita que todas as jogadoras estão prontas para a final. A adversária da seleção norte-americana será definida nesta quarta-feira (03) às 16h (de Brasília) no jogo entre Suécia e Holanda.