<
>

Ciclismo: Holandês Fabio Jakobsen sofre acidente terrível no Tour da Polônia e está em coma induzido

O ciclista holandês Fabio Jakobsen sofreu um grave acidente nesta quarta-feira (5) a pouquíssimos metros da chegada da primeira etapa do Tour da Polônia e precisou ser levado a um hospital com urgência, de helicóptero. Ele teve traumatismo crananiano, está em coma induzido e corre risco de morte.

Corredor da equipe Deceuninck-Quick-Step, ele dava um sprint final para ultrapassar o também holandês Dylan Groenewegen e tomar a liderança. O compatriota, no entanto, fechou o espaço livre pelo lado direito, movimento que fez o colega se chocar diretamente contra as barreiras de proteção da pista.

"Seu estado é muito grave. Estamos lidando com um sério caso de traumatismo craniano. O coração está normal, mas ele está lutando pela vida. Vamos cruzar os dedos por ele, porque ele perdeu muito sangue", disse a médica da prova, Barbara Jerschina.

O acidente é investigado pela União de Ciclismo Internacional (UCI), que, logo após a prova, emitiu um comunicado duro para condenar a postura de Dylan Groenewegen, da equipe Jumbo-Visma e que teria causado a grave colisão.

"A UCI considera o comportamento inaceitável e imediatamente levou o assunto à Comissão Disciplinar para solicitar a imposição de punições proporcionais à gravidade dos acontecimentos", disse o texto, que foi endossado pelo diretor da prova, Czeslaw Lang.

"O competidor que causou o acidente agiu de maneira muito incorreta porque, enquanto conduzia pelo meio e viu alguém chegando pela direita, começou a fechar o lado", criticou o diretor.

O Tour da Polônia aconteceria inicialmente em julho, mas foi adiado por conta da pandemia de COVID-19. A prova está em sua 77ª edição.

Veja sequência do acidente