<
>

Corinthians vence Flamengo e vai à final da Copa do Brasil

O Corinthians está na decisão da Copa do Brasil. Depois do empate sem gols no Maracanã no jogo de ida da semifinal, a equipe venceu o Flamengo por 2 a 1 na Arena Corinthians, nesta quarta-feira, e confirmou a classificação. Danilo Avelar abriu o placar, e Henrique (contra) empatou no primeiro tempo. Na volta do intervalo, Pedrinho definiu a vitória dos mandantes 38 segundos após ter entrado em campo na vaga de Clayson.

Dessa forma, o Corinthians vai à sua sexta decisão no torneio, a primeira desde 2009, quando ficou com o título. Além disso, impede a reedição da final da temporada passada, uma vez que o atual campeão Cruzeiro também avançou, depois de empatar com o Palmeiras nesta quarta.

Do outro lado, o Flamengo vê o sonho da quarta taça na competição chegar ao fim. Sua esperança de título em 2018 voltará toda para o Brasileirão, no qual ocupa o quarto lugar, três pontos atrás do líder São Paulo.

Agora, os dois times voltarão a campo no sábado, pelo Campeonato Brasileiro. O Corinthians visitará o América-MG no Independência, às 19h. Mais tarde, às 21h, o Flamengo enfrentará o Bahia na Fonte Nova.

O jogo

O duelo de ataque contra defesa do Maracanã mudou significativamente em Itaquera. O Corinthians resolveu sair mais para o jogo, ainda que a partida tenha tido poucas ocasiões claras de gol ao longo do primeiro tempo.

Na primeira grande oportunidade, a equipe alvinegra abriu o placar aos 13min. Jadson recebeu de Fagner no campo de ataque e fez um levantamento perfeito para Danilo Avelar, que chegou batendo de primeira para vencer Diego Alves.

A resposta rubro-negra, no entanto, não tardaria. Aos 17min, Pará foi lançado por Willian Arão, cruzou para o meio e viu Henrique desviar contra a própria meta. Cinco minutos depois, novo golpe para o time alvinegro: Fagner foi substituído por Gabriel após sentir lesão.

O gol animou os cariocas, que levariam mais perigo até o intervalo e chegariam a balançar a rede novamente, com Henrique Dourado recebendo com liberdade e tirando de Cássio. Porém, o lance foi anulado corretamente por impedimento do atacante.

Na volta para a etapa final, a primeira boa chance veio em um chute de Paquetá de fora da área aos 14min. Cássio caiu para fazer a defesa. Seis minutos depois, Vitinho concluiu da entrada área e viu o goleiro adversário encaixar. O jogo era parelho, mas foi o Flamengo que assustou mais. Porém, quando o Corinthians atacou...

Aos 23min, em contra-ataque, Romero atravessou a bola na entrada da área, Jadson desviou, Pedrinho dominou e bateu firme no canto esquerdo de Diego Alves, que não chegou a tempo de fazer a defesa.

Três minutos depois, Henrique quase ampliou ao completar de cabeça uma cobrança de falta de Jadson. A bola saiu tirando tinta da trave.

No restante do confronto, o Corinthians foi eficiente em anular qualquer investida do adversário - embora Pará tenha acertado a trave nos acréscimos, após cobrança de falta de Trauco - e confirmou a classificação à final, fazendo a festa em sua arena.

FICHA TÉCNICA:
CORINTHIANS 2 x 1 FLAMENGO

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Data: 26 de setembro de 2018, quarta-feira
Horário: 21h45 (Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Assistentes: Bruno Boschilia (Fifa-PR) e Bruno Raphael Pires (Fifa-GO)
Árbitro de vídeo: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO)
Cartões amarelos: Douglas (Corinthians); Lucas Paquetá, Willian Arão, Lincoln (Flamengo)
Público: 44.249 pagantes
Renda: R$ 3.663.322,30
Gols:
Corinthians: Danilo Avelar, aos 13 minutos do primeiro, e Pedrinho, aos 23 minutos do segundo tempo
Flamengo: Henrique, contra, aos 18 minutos do primeiro tempo

CORINTHIANS: Cássio; Fagner (Gabriel), Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Douglas; Romero, Jadson, Mateus Vital (Araos) e Clayson (Pedrinho). Técnico: Jair Ventura

FLAMENGO: Diego Alves; Pará, Léo Duarte, Réver e Trauco; Gustavo Cuéllar, Willian Arão (Lincoln), Lucas Paquetá, Diego (Vitinho) e Everton Ribeiro; Henrique Dourado (Marlos Moreno). Técnico: Maurício Barbieri