<
>

Wimbledon 2022: Nadal e Djokovic, volta de Serena, Bia Haddad 'voando' e tudo que você precisa saber do torneio

play
Serena atrás apenas de Navratilova: conheça as maiores campeãs da Era Aberta de Wimbledon (1:23)

ASSISTA ao torneio de Wimbledon, AO VIVO, pela ESPN no Star+ de 27 de junho a 10 de julho (1:23)

Torneio começa nesta segunda-feira e terá cobertura completa com todas as partidas pela ESPN no Star+


O Grand Slam mais tradicional do ano começa nesta segunda-feira. Na grama sagrada do All England Club, terá início o torneio de Wimbledon de 2022.

*Conteúdo patrocinado por Motorola, Mitsubishi, Sankhya, Vivo, Ademicon e Sportingbet

Novak Djokovic, Rafael Nadal, Stefanos Tsitsipas, Iga Swiatek, Serena Williams, Bia Haddad Maia e as grandes estrelas do tênis mundial estarão em Londres disputando o título do terceiro Grand Slam do ano.

Todas as partidas e quadras do torneio terão transmissão a partir do dia 27 de junho durante duas semanas pela ESPN no Star+.

Veja abaixo o que você precisa saber sobre o torneio.

Os tenistas "banidos"

Como retaliação por conta da guerra na Ucrânia, a organização de Wimbledon decidiu banir a presença de tenistas russos e bielorrussos do torneio este ano. Isso fará com que grandes nomes estejam ausentes da competição na grama sagrada.

Sem pontos...

Como resposta à atitude do torneio de banir tenistas da Rússia e Belarus, ATP e WTA anunciaram que Wimbledon não contará pontos para os rankings das duas organizações.

E tem gente que sofrerá muito com isso, especialmente Novak Djokovic, que deixará de ser o número 1 do ranking independente do que aconteça em Wimbledon.

Djokovic e Nadal podem se igualar a lendas

play
1:23

Serena atrás apenas de Navratilova: conheça as maiores campeãs da Era Aberta de Wimbledon

ASSISTA ao torneio de Wimbledon, AO VIVO, pela ESPN no Star+ de 27 de junho a 10 de julho

Novak Djokovic entra no torneio com 6 taças em Wimbledon. Ele pode se igualar a Pete Sampras, campeão 7 vezes.

Já Nadal foi campeão duas vezes em Wimbledon e pode se igualar a John McEnroe e Boris Becker, que ganharam o torneio três vezes em suas carreiras.

O maior campeão de Wimbledon segue sendo Roger Federer, com 8 títulos. O suíço, lesionado, não joga a edição deste ano do torneio.

Novidades nas regras

Neste ano, pela primeira o torneio terá um super tiebreak (que vai até quem fizer 10 pontos primeiro), quando uma partida em simples chegar a 6-6 no quinto set.

play
1:24

Roger Federer absoluto no topo: conheça os maiores campeões da Era Aberta de Wimbledon

ASSISTA ao torneio de Wimbledon, AO VIVO, pela ESPN no Star+ de 27 de junho a 10 de julho

Bia Haddad Maia conseguirá manter a boa fase?

A brasileira vive uma fase histórica no tênis. Com dois títulos seguidos na grama em torneios preparatórios para Wimbledon e chegando ao ranking mais alto de uma tenista do país (28), ela chega no Grand Slam como cabeça de chave número 23 e tentará manter o embale nas chaves de simples e duplas.

Bia chega a Wimbledon depois de ter perdido nas semis de Eastbourne, mas sofreu o revés após uma sequência de 13 vitórias.

Outros brasileiros

Thiago Monteiro está na chave masculina em simples, o único representante do país entre os homens. Entre as mulheres, além de Bia Haddad Maia, teremos Laura Pigossi também na chave de simples, e Bia nas duplas também.

Nas duplas masculinas, Bruno Soares, Marcelo Melo, Rafael Matos, Fernando Romboli e Thiago Monteiro representam o Brasil.

Alguém consegue parar Iga?

A polonesa chega a Wimbledon numa sequência de 35 vitórias, tendo sido campeã em Roland Garros. Swiatek tem sobrado na WTA. Porém, na grama tudo pode acontecer.

Ons Jabeur e Anett Kontaveit são as principais ameaças, em teoria, ao reinado de Iga Swiatek.

O retorno da maior de todas

Aos quase 41 anos de idade, Serena Williams fará seu retorno às quadras após 1 ano parada. A norte-americana não joga desde Wimbledon do ano passado, quando teve que desistir por conta de uma lesão.

Serena recebeu um convite da organização. Ela jogou apenas em duplas nas últimas semanas. Não se sabe as reais condições da vencedora de 23 Grand Slams, por isso é improvável considerá-la candidata ao título.