<
>

Olimpíadas: Simone Biles abre o jogo e explica o que sente durante piruetas: 'Lutando contra demônios'

play
Olimpíadas de Tóquio: Simone Biles não crava aterrissagem no salto e abandona final por equipes da ginástica (1:06)

O Comitê Olímpico Russo é ouro na ginástica feminina por equipes. Simone Biles, grande nome do esporte na atualidade, abandonou a decisão após o primeiro salto e, de casaco e máscara, apenas assistiu de fora à derrota das norte-americanas. (1:06)

Simone Biles desabafou. Na madrugada desta sexta-feira (tarde em Tóquio), a ginasta americana usou as redes sociais para se posicionar e explicar de maneira completa tudo que está acontecendo com ela, que deixou de disputar a final individual geral da ginástica artística nos Jogos Olímpicos de Tóquio para "cuidar de sua saúde mental".

Biles, inicialmente, postou um vídeo de um treinamento, que foi excluído momentos depois. Na sequência, abriu uma "caixinha de perguntas" na rede social e respondeu diversos questionamentos sobre sua saúde mental.

Clique aqui para ver o Quadro de Medalhas das Olimpíadas atualizado e siga os Jogos de Tóquio em TEMPO REAL!

A americana começou dizendo que ainda sente os twisties, sensação que as ginastas têm de estarem "perdidas" no ar enquanto fazem uma pirueta. Na sequência, explicou o que acontece.

"Me sinto um pouco fora de sincronia em outros movimentos, mas definitivamente muito melhor do que quando dou piruetas. Às vezes, não consigo nem explicar as piruetas. De verdade, não consigo compreender como fazer a pirueta. É a coisa mais estranha e bizarra para se sentir", disse.

"Literalmente não consigo saber onde estou no ar. É o sentimento mais louco de todos, não ter uma polegada de controle sobre seu corpo. O que é mais assustador é que como não tenho ideia de onde estou não tenho a menor ideia de como ou onde vou pousar. Se vai ser com a cabeça, mãos, pés, costas..."

Sobre os questionamentos de que ela teria sido "egoísta" por "não desistir antes e dar a oportunidade para outra ginasta", Biles foi enfática e explicou a situação.

"A partir do momento que você começa as preliminares ou classificatórias, não pode ser substituída. Essas são as regras. Mas, mesmo que desse, eu aqueci e parecia em condições. Eu estava lutando com demônios, mas aqueci. Estava petrificada também", explicou.

play
0:39

Tricampeã olímpica, Aly Raisman defende Simone Biles: 'Priorizar a saúde mental é essencial'

A equipe de ginástica dos Estados Unidos confirmou a desistência de Simone Biles e demonstrou apoio irrestrito à atleta: "Aplaudimos sua bravura em priorizar seu bem-estar. Sua coragem mostra, mais uma vez, por que ela é um modelo para tantos"

"À essa altura, nenhuma reserva poderia me substituir, para vocês "sabichões". Nós temos 4 no time por uma razão. Decidi não competir para não colocar em risco nenhuma medalha (de qualquer cor) para as meninas/EUA e também a minha saúde e segurança".

Simone também não estabeleceu um tempo para retornar às competições. "Infelizmente, varia com o tempo. Normalmente para mim foram 2 ou mais semanas quando tive antes. Honestamente, não existe tempo definido então tem ser literalmente dia a dia, passo a passo".

Por fim, Biles respondeu às cobranças de que teria "desistido e abandonado os Estados Unidos durante uma competição".

play
4:16

Simone Biles acende o alerta: qual o impacto e a importância da saúde mental nos esportes de alto nível?

A norte-americana disputaria a final no individual geral nesta manhã, mas a confederação de ginástica dos EUA informou que ela está fora, citando situações de saúde mental.

"Para todo mundo que está falando que eu desisti. Eu não desisti, minha mente e meu corpo não estão em sincronia, apenas. Acho que vocês não tem noção do quão difícil é fazer isso em piso duro/de competição e eu nem tenho que explicar porquê coloquei minha saúde em primeiro lugar. Saúde mental é saúde física", comentou.

"Eu não tive uma performance ruim e desisti. Já tive muitas performances ruins durante minha carreira e acabei a competição. Eu simplesmente fiquei tão perdida que minha segurança estava em risco, assim com a medalha do time. No entanto, as meninas se apresentaram e foram brilhantes no restante da competição e ganharam a prata. Rainhas! Por isso que temos 4 membros no time porque todas nós podemos competir por equipes, não só eu. Eu também não tenho ideia de como fiquei de pé naquele salto porque, se você ver as fotos, dá para ver nos meus olhos o quão confusa eu estava enquanto estava no ar. Por sorte, eu pousei em segurança o suficiente, mas acho que vocês também não perceberam que eu deveria fazer duas piruetas e meia e fiz apenas uma e meia antes de parecer que eu fui arremesada no chão."