<
>

Endrick fora das Olimpíadas: como jornais da Espanha reagiram a vexame da seleção brasileira

Endrick em ação contra a Argentina no Pré-Olímpico Joilson Marconne/CBF

A eliminação do Brasil no Pré-Olímpico para a Argentina virou manchete nos jornais da Espanha. Neste domingo (11), os principais jornais de Madri usaram Endrick para repercutir a queda da Canarinho.

O jornal AS, destacou o camisa 9 'anulado' pela seleção, além dos indigestos sorrisos usados após cada chance desperdiçada.

"Desesperado, com uma marcação de ferro que o desgastava, o futuro futebolista do Real Madrid respondia com um sorriso cada vez que desafiava a bola... Embora sem conseguir o gol", disse.

Além disso, o diário chamou a atenção para o jogo coletivo ruim brasileiro. "A Argentina continuou tentando chegar ao gol, que parecia se aproximar pelo centro - deixando uma imagem melhor -, enquanto o Brasil não encontrou Endrick por problemas no jogo coletivo".

O Marca fez uma análise mais dura sobre o jogo brasileiro que não encontrava o atacante do Palmeiras. "Endrick, muito isolado e bem defendido, sofreu jogando de costas, sem apoio, tão longe do gol".

"O segundo tempo começou com cartão amarelo para Endrick aos 58 minutos. A contratação do Real Madrid pagou a sua frustração - não conseguiu nenhuma bola adequada - cometendo uma falta desnecessária sobre Valentini no seu próprio meio-campo", completou.

Não sobraram críticas também para o técnico Ramon Menezes, que tirou seu camisa 9 de campo poucos minutos antes de sofrer o gol. "Em seguida, aos 74 minutos, Ramon Menezes optou pela substituição de Endrick para a entrada de Marquinhos. A mudança não correu bem. Aos 78 minutos, a Argentina fez 1 a 0. A seleção, agora sem Endrick, não teve reação", finalizou.