<
>

Brasil faz primeiro clássico com Diniz e defende maior invencibilidade contra rivais sul-americanos

Fernando Diniz durante Brasil x Venezuela pelas eliminatórias Pedro Vilela/Getty Images

Depois de tropeçar na Venezuela, o Brasil enfrenta o Uruguai nesta terça-feira (17), às 21h (de Brasília), em Montevidéu, tentando retomar o topo da tabela das eliminatórias para a Copa do Mundo.

E, no que depender do retrospecto diante do adversário, o técnico Fernando Diniz tem motivos de sobra para acreditar na vitória em seu primeiro ''clássico'' à frente da equipe.

Isso porque a seleção brasileira não perde para a Celeste há mais de 22 anos. Essa é, aliás, a maior invencibilidade contra rivais sul-americanos.

A última derrota aconteceu no dia 1º de julho de 2001, por 1 a 0, em jogo pelas eliminatórias, disputado no país vizinho.

Na ocasião, os anfitriões venceram por 1 a 0, com gol de Federico Magallanes. Desde então foram 12 jogos, cinco empates e sete vitórias brasileiras, sendo quatro consecutivas.

A última vez que Brasil e Uruguai se enfrentaram foi no dia 14 de outubro de 2021, também pelas eliminatórias. Na oportunidade, vitória por 4 a 1 com dois gols de Raphinha, um de Neymar e outro de Gabigol, enquanto Luis Suárez descontou para os uruguaios, em partida realizada na Arena da Amazônia.

Veja o retrospecto do Brasil contra o Uruguai:

  • Brasil 3 x 3 Uruguai – 18/11/2003 – eliminatórias

  • Brasil 1 (5) x (3) 1 Uruguai – 21/7/2004 – Copa América

  • Uruguai 1 x 1 Brasil – 30/3/2005 – eliminatórias 2006

  • Uruguai 2 (4) x (5) 2 Brasil – 10/7/2007 – Copa América

  • Brasil 2 x 1 Uruguai – 21/11/2007 – eliminatórias

  • Uruguai 0 x 4 Brasil – 6/6/2009 – eliminatórias

  • Brasil 2 x 1 Uruguai – 26/6/2013 – Copa das Confederações

  • Brasil 2 x 2 Uruguai – 25/3/2016 – eliminatórias

  • Uruguai 1 x 4 Brasil – 23/3/2017 – eliminatórias

  • Brasil 1 x 0 Uruguai – 16/11/2018 – Amistoso

  • Uruguai 0 x 2 Brasil – 17/11/2020 – eliminatórias

  • Brasil 4 x 1 Uruguai – 14/10/2021 – 1eliminatórias

E contra os outros rivais sul-americanos?

Não é só o Uruguai que não vence o Brasil há muito tempo. O Equador não bate a seleção há exatos 19 anos.

A última vitória aconteceu no dia 17 de novembro de 2004, por 1 a 0 em partida válida pelas eliminatórias. Desde então foram 12 jogos, quatro empates e oito triunfos brasileiros.

Já Venezuela e Paraguai não derrotam a seleção desde 2008, enquanto Chile e Colômbia não vencem os brasileiros há oito anos.

A última derrota da Canarinho para um sul-americano, aliás, aconteceu justamente para arquirrival Argentina na final da Copa América de 2021 por 1 a 0. De lá para cá, as duas seleções só se enfrentaram uma única vez e ficaram no empate. Veja abaixo:

  • ARGENTINA - Última derrota em 7 de julho de 2021 (1 a 0, final da Copa América). Desde então: 1 jogo, 1 empate (e outro cancelado)

  • PERU - Última derrota em 10 de setembro de 2019 (1 a 0, amistoso). Desde então: 5 jogos, 5 vitórias do Brasil

  • CHILE - Última derrota em 8 de outubro de 2015 (2 a 0, eliminatórias). Desde então: 4 jogos, 4 vitórias do Brasil

  • COLÔMBIA - Última derrota em 17 de junho de 2015 (1 a 0, Copa América). Desde então: 7 jogos, 4 vitórias do Brasil e 3 empates

  • BOLÍVIA - Última derrota em 11 de outubro de 2009 (2 a 1, eliminatórias). Desde então: 7 jogos, 6 vitórias do Brasil e 1 empate

  • PARAGUAI - Última derrota em 15 de junho de 2008 (2 a 0, eliminatórias). Desde então: 9 jogos, 4 vitórias do Brasil e 5 empates

  • VENEZUELA - Última derrota em 6 de junho de 2008 (2 a 0, amistoso). Desde então: 11 jogos, 7 vitórias do Brasil e 4 empates

  • EQUADOR - Última derrota em 17 de novembro de 2004 (1 a 0, eliminatórias). Desde então: 12 jogos, 8 vitórias do Brasil e 4 empates

  • URUGUAI - Última derrota em 1 de julho de 2001 (1 a 0, eliminatórias). Desde então: 12 jogos, 7 vitórias do Brasil e 5 empates

Próximos jogos do Brasil: