<
>

Ex-Vasco, Evander lembra caneta em atacante do Liverpool na Champions e tática inusitada de Klopp

play
O incrível aquecimento do goleiro Ederson, do Manchester City, antes dos jogos (0:18)

O brasileiro bate fácil na bola | CLIQUE AQUI e assista ao melhor da Premier League AO VIVO pela ESPN no Star+ (0:18)

Ex-Vasco, Evander contou detalhes sobre os duelos contra o Liverpool na Champions League


Evander é um dos destaques do Midtjylland, que enfrentará o Copenhagen, em duelo decisivo pela Liga Dinamarquesa, neste domingo. Há quatro anos na Europa, o meia revelado no Vasco viveu uma ds maiores alegrias da carreira ao disputar a fase de grupos da Champions League na temporada 2020-21.

"Foi uma experiência incrível jogar pela primeira vez a Champions e entrei para a história do clube. A gente não teve muito sucesso, mas a gente pode enfrentar grandes equipes como Atalanta, Liverpool e Ajax. Pegamos muitas experiência e vemos o como o futebol é bonito e simples", disse ao ESPN.com.br.

O brasileiro diz que enfrentar os Reds na Inglaterra na derrota por 2 a 0 foi uma das melhores lembranças na competição.

"Foi engraçado que durante o aquecimento o (técnico Jurgen) Klopp ficava olhando para o nosso time tentando intimidar de alguma forma (risos). Pude jogar em Anfield, um estádio histórico. Uma pena não teve a torcida, mas foi incrível. Pude conhecer o Firmino e pegar uma camisa dele. Dei uma caneta no Minamino. Foi um jogo de bastante experiência e pude ver como é o futebol inglês", disse.

"O Salah é um cara muito rápido e difícil de ser marcado. Os laterais, o Arnold e o Robertson, parecem que jogam lado a lado, mesmo jogando em cantos opostos do campo, porque tem uma conexão muito grande", elogiou.

Na partida de volta, na Dinamarca, Midtjylland conseguiu arrancar um empate por 1 a 1 e Evander quase marcou um gol.

"Eu meti uma bola no travessão. Pude mostrar meu futebol para o time do Liverpool e ver o que pode acontecer no futuro. Recebi elogios do Alisson e do Firmino. É bom deixar as portas abertas e jogar bem contra essa equipes que qualquer coisa pode acontecer", disse.

Filho do empresário de Vagner Love, Evander indicou o ex-centroavante de Palmeiras, Flamengo e Corinthians para o Midtjylland.

"O Vagner estava na Cazaquistão e meu pai contou que ele iria ficar sem contrato. Falei com o treinador que precisávamos de um 9 experiente porque somos a segunda equipe mais jovem da liga. Disse que seria muito bom ter um jogador como ele para a fase final da temporada porque temos a chance de vencer a Liga e a Copa. O Vagner se adaptou rápido porque está acostumado com o frio da Rússia. Mesmo sendo experiente, é algo novo para ele", disse.

Atualmente, o meia vive a temporada mais artilheira da carreira: são 15 gols e quatro assistências em 41 jogos. Com o destaque, ele sabe que é uma questão de tempo até ir para um centro maior na Europa.

"Eu tenho focar ao máximo para terminar essa temporada bem, estou jogando bem. Renovei o contrato no ano passado até 2025 e vamos ver. Estou dando o meu melhor para marcar o nome na história do clube. Penso em voos mais altos e chegar ao centro do futebol nas maiores ligas, mas as coisas vão acontecer naturalmente. Agradeço por ter jogado aqui grandes competições".