<
>

Flamengo encerra novela e anuncia Tite como novo treinador

O Flamengo encerrou uma duradoura negociação de dias e anunciou nesta segunda-feira (9) a contratação de Tite, que estava sem trabalhar desde que deixou o comando da seleção brasileira, após a Copa do Mundo de 2022.

O anúncio foi feito um dia antes da reapresentação do elenco para o período de treinos durante a Data Fifa. Tite assinou contrato até dezembro de 2024 e assumiu o cargo que estava vago desde a demissão de Jorge Sampaoli, após a derrota na final da Copa do Brasil para o São Paulo.

Tite vai chegar ao Rubro-Negro com cinco nomes na comissão técnica. O grupo será formado pelos auxiliares Cléber Xavier, Matheus Bachi e César Sampaio, pelo preparador físico Fábio Mahseredjian e pelo analista de desempenho Lucas Oliveira, que deixou o Palmeiras para assumir a função.

O novo treinador flamenguista havia prometido que não trabalharia no futebol brasileiro em 2023, pois a intenção era assumir um projeto no exterior. No entanto, as ofertas que chegaram não convenceram Tite, que, menos de um ano após deixar a seleção, tem a chance de voltar ao futebol.

O trabalho na Gávea será o primeiro de Tite em clubes do Rio de Janeiro. Assim, ele completa os principais mercados do futebol nacional, pois já havia passado por São Paulo (Corinthians e Palmeiras), Porto Alegre (Grêmio e Internacional) e Belo Horizonte (Atlético-MG).

Morar na Cidade Maravilhosa, porém, não é novidade. Entre 2016 e 2022, enquanto comandava a seleção, o técnico teve residência na Barra da Tijuca, zona Oeste do Rio, pela proximidade da sede da CBF. Agora, terá a chance de estrear em um clube do Estado.

O nome de Tite ganhou força desde antes da oficialização da saída de Sampaoli e virou o favorito para assumir o Flamengo após a intensificação das conversas com a diretoria. Anteriormente, ele recusou quatro investidas do Corinthians, mas topou abrir negociações com o Rubro-Negro.

No novo clube, o treinador reencontrará jogadores que convocou para a seleção, casos de Rodrigo Caio, Gerson, Gabigol, Everton Ribeiro e Pedro (os dois últimos, inclusive, estiveram com o técnico na última Copa do Mundo).

Próximos jogos do Flamengo