<
>

São Paulo leva susto, mas arranca empate do Flamengo em Morumbi lotado e é campeão da Copa do Brasil

play
'Toca no Calleri que é gol', vaias e mais: a festa da torcida do São Paulo antes da final contra o Flamengo (1:33)

Tricolor venceu o jogo de ida no Maracanã por 1 a 0 (1:33)

Debaixo de forte calor, o São Paulo conseguiu segurar o ímpeto do Flamengo e conquistou o título inédito da Copa do Brasil na tarde deste domingo (24). Mesmo saindo perdendo, o Tricolor buscou um empate e ficou com a taça de campeão da competição.

Bruno Henrique abriu o placar da partida aos 44 minutos da primeira etapa. Contudo, logo na sequência, aos 49, Rodrigo Nestor empatou o duelo, garantiu o troféu para a equipe paulista e deu a alegria para os 63077 torcedores que compareceram ao estádio.

Por ter vencido o duelo de ida, no Maracanã, por 1 a 0, o time do Morumbi poderia empatar que conquistaria a primeira Copa do Brasil de sua história.

Precisando reverter o resultado do primeiro confronto, o técnico Jorge Sampaoli escalou Arrascaeta, que se recuperou de lesão, como titular e colocou Gabigol na reserva.

A equipe carioca veio para cima. Antes mesmo de completar o primeiro minuto no relógio, Pedro invadiu a área sozinho, finalizou, mas Rafael salvou os anfitriões.

Dorival Júnior teve um grande problema logo no início. O zagueiro Arboleda sentiu uma contusão e precisou ser substituído aos sete minutos, com Diego Costa entrando em seu lugar.

O Rubro-Negro teve mais uma grande chance de abrir o placar aos 18. Gerson recebeu na área, limpou Beraldo e finalizou, mas Rafael novamente fez boa defesa.

O primeiro bom momento do São Paulo foi somente aos 22. Caio Paulista cruzou com veneno, Calleri se desvencilhou da marcação, mas não conseguiu a cabeçada.

Aos 37, a torcida tricolor quase foi ao delírio. Após cruzamento pela direita, Lucas emendou uma bicicleta e quase fez um gol de placa, mas a bola acabou saindo para fora.

Após tanto insistir, o Flamengo inaugurou o marcador. Após bela jogada pela direita, aos 44, Pulgar soltou a pancada, a bola explodiu na trave e Bruno Henrique completou para o fundo da rede. A resposta veio quase imediatamente. Aos 49, Rossi saiu socando mal, Rodrigo Nestor pegou o rebote da entrada da área e fez uma pintura para empatar o duelo.

O segundo tempo voltou mais estudado, com Flamengo mais em cima, mas sem conseguir as chances claras igual na primeira etapa. A partir dos 20 minutos, os treinadores começaram a fazer alterações e o Rubro-Negro se lançou ainda mais para o ataque.

Aos 28, foi a vez de Gabigol deixar o banco de reservas para tentar mudar a partida. E foi em uma jogada de Luiz Araújo, que o camisa 10 do clube carioca quase marcou. Após cruzamento venenoso, ele quase conseguiu desviar para o gol.

A virada do São Paulo quase veio aos 41. Em rápido contra-ataque, Lucas serviu Luciano, que finalizou de primeira, mas a bola foi para fora.

O Flamengo tentou pressionar nos minutos finais, abusando dos cruzamentos na área, mas a defesa Tricolor estava esperta e afastava os perigos. A cada chutão ou cabeceio para longe dos zagueiros, a torcida vibrava como se fosse um gol feito.

Deste modo, o São Paulo segurou o empate e conquistou o título inédito da Copa do Brasil.

Próximos jogos do São Paulo:

Próximos jogos do Flamengo: