<
>

Flamengo tem Gabigol expulso, perde para o Athletico sob protestos da torcida e amplia crise antes da final da Copa do Brasil

A crise no Flamengo se ampliou nesta quarta-feira (13). Em Cariacica, pela 23ª rodada do Brasileirão, o time perdeu por 3 a 0 para o Athletico-PR, com gols de Cacá, Alex Santana e Vitor Bueno.

A torcida, que já havia protestado na véspera da partida, não poupou as críticas ao Rubro-Negro durante o jogo, com gritos de 'time sem vergonha', vaias e até mesmo aplausos em tom de deboche no segundo gol sofrido.

O início de jogo foi de domínio do time mandante, com muito volume de jogo e chances criadas. Quem conseguiu tirar o zero do placar, porém, foi o Furacão. Aos 26, depois de chute desviado de Vitor Bueno, Matheus Cunha deu rebote, e Cacá só teve o trabalho de empurrar para as redes.

Na volta para o segundo tempo, aos 17 minutos, depois de ter entrado no intervalo, Allan sentiu lesão e teve que ser substituído, se tornando novo problema para o Flamengo.

Quase que na sequência, Gabigol acertou uma braçada em Cuello e acabou expulso depois de revisão do lance no VAR.

Aos 38, então, depois de vacilada de Léo Pereira, Alex Santana aproveitou a sobra e acertou belo chute para ampliar o marcador.

Nos acréscimos, em cobrança de pênalti, Vitor Bueno fechou de vez o caixão rival.

Classificação do Brasileirão

  • Flamengo: 4º lugar, com 39 pontos

  • Athletico-PR: 6º lugar, com 37 pontos

Próximos jogos do Flamengo

Próximos jogos do Athletico-PR