<
>

ESPN Bola de Prata Sportingbet: Luciana dá volta por cima, agarra tudo, leva prêmio de goleira e ainda sonha com seleção

play
ESPN Bola de Prata Sportingbet: Everson leva o prêmio de melhor goleiro; no feminino, o título é de Luciana (3:46)

Everson representa o Atlético-MG, enquanto Luciana leva a Ferroviária no peito (3:46)

Luciana, da Ferroviária, conquistou a Bola de Prata como a melhor goleira do Campeonato Brasileiro


Falar de goleira brasileira e não pensar em Luciana é impossível. Aos 34 anos, a jogadora foi destaque na conquista do bicampeonato da Libertadores com a Ferroviária, possui diversas convocações pela seleção e coloca agora em sua prateleira um troféu que lhe faltava: o Prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet de melhor do Brasilerão feminino.

Com participações em Copa América, Jogos Pan-Americanos e na Copa do Mundo de 2015, a experiente jogadora sempre pintava em listas de convocações, mas perdeu espaço depois de falhar no gol que decretou a derrota do Brasil por 1 a 0 contra a Austrália e que eliminou a seleção nas oitavas de final da Copa do Mundo, disputada no Canadá.

VEJA A HISTÓRICA 1ª SELEÇÃO COMPLETA DO BOLA DE PRATA FEMININO

Começou! Até meia-noite de domingo (12) tem Star+ Acesso Livre. Muito esporte AO VIVO, séries e filmes. Acesse agora e aproveite de graça toda a programação.

Desta vez, a temporada de Luciana pode ser vista como a volta por cima da atleta.

Segura, experiente e pegadora de pênalti nata, comandou uma das melhores defesas do Brasileirão Feminino. A Ferroviária, equipe em que joga desde 2017, terminou o campeonato em terceiro lugar e garantiu vaga na Libertadores mais uma vez.

A competição continental, aliás, costuma ser palco de brilho para Luciana. Em 2020, ela foi uma das principais responsáveis pelo bicampeonato da Ferroviária. Neste ano, o título não veio. Mas a goleira pegou três pênaltis e garantiu a terceira colocação para as Guerreiras Grenás.

Campeã de três brasileiros, da Libertadores, da Copa do Brasil e medalha de ouro em Copa América e Jogos Pan-Americanos. O currículo seria ótimo e suficiente para qualquer um! Mas Luciana, que voltou ao topo da lista das melhores do país, quer mais!

"Se a Pia quiser, a gente está aí!"